Drº Hermelino Agnes de Leão (1903-1973)




 
Publicado na "Folha de Ourinhos, 25-12-2004"

Foi prefeito de Ourinhos por três vezes.
Com a eclosão da Revolução de 1930, tornou-se "governador civil" da cidade, uma vez que o PRP teve de deixar o poder. Nessa mesma condição, foi nomeado pelo interventor de São Paulo, João Alberto, em 1932. Esses dois períodos foram bastante curtos.
Durante o Estado Novo (1937-1945), seu nome foi novamente lembrado para conduzir os destinos da cidade. Isso ocorreu em 1941, tendo a sua permanência se estendido até 1945.
Nesse período de quatro anos, mostrou-se um administrador competente, tendo resolvido o problema que se arrastava há anos - o da captação da água potável. Até então, o fornecimento se dava via Rio Turvo e a água fornecida não era de boa qualidade. Por ocasião do primeiro aniversário do seu governo, em 4/11/1942, esse problema já havia sido resolvido e uma água de boa qualidade jorrava nas torneiras da cidade.
As comemorações que se fizeram nessa ocasião: desfile, jantar e baile , demonstram o quanto ele tinha o respeito da população em geral.
O banquete ocorreu no salão de festas do Clube Atlético Ourinhense. A música esteve a cargo do "Jazz da SPP" (Ferrovia São Paulo-Paraná) .
A saudação ao prefeito foi feita pelo dr. Alfredo Bessa. Ao jantar seguiu-se um baile.
Na sua gestão, foi criado um banco municipal - o Banco Cooperativo de Ourinhos (Decreto Federal nº 10.053. de 22/7/1942), para captar recursos que pudessem ser aplicados na administração do município. A diretoria era formada pelo dr. Hermelino de Leão (presidente), José Neves Lobo, diretor gerente e os conselheiros: Alvaro de Queiroz Marques, Francisco Pinheiro Silva, Antonio A. Leite, Rodopiano Leonis Pereira, Pedro Medici, Horácio Soares, Antonio Carlos Mori e Miguel Cury (os três últimos eram suplentes).
Seu trabalho em prol da construção da Santa Casa de Misericórdia já é bem conhecido.
Esta foto, em frente a estação ferroviária da Sorocabana, retrata a chegada do dr. Hermelino (4/11/1941) após a sua nomeação como interventor municipal.
A saudação foi realizada pelo advogado João Bento Vieira da Silva. A ginasiana Alzira Matachana, saudou o interventor em nome dos estudantes, entregando-lhe um ramalhete de flores.
O dr. Hermelino de Leão faleceu no dia 21 de novembro de 1973, com 69 anos de idade.

Comentários

Edson Lobo disse…
Gostaria de saber se o nome indicado no texto, José Neves Lobo, era casado com D. Maria da Gloria Rubião Lobo. Estou procurando participar da monagem da arvore genealogica da familia a partir do meu avô José Neves Lobo.
Agradeço o retorno.

Prezado Edson, infelizmente não tenho como esclarecê-lo a respeito. Não conheci a pessoa mencionada, que deve morado pouco tempo em Ourinhos, nos anos 1940.
Abs
José Carlos