Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

NILZA MARIA FERRARI, A MISS OURINHENSE - RELEMBRANDO 1966

À esquerda, "Rainha dos Calouros"em Curitiba, 1966, recebe a faixa da Miss Brasil, Ângela Vasconcelos

Abaixo, Miss Ourinhos, 1964












Os anos 1950 e 1960 constituíram o auge dos concursos de beleza. O principal era o de Miss Brasil. Em nível municipal, havia os mais diversos concursos: a mais bela caloura, glamour girl, rainha do café, do algodão, etc.
Nilza Maria Ferrari, adolescente dona de beleza especial, foi campeã nesse gênero de concurso. Filha do industrial Nilo Ferrari e de Luisa Moya, participou de vários desses concursos. Mais de quarenta anos depois, uma conversa havida entre nós tornou possível mostrar às novas gerações e fazer relembrar às antigas o momento todo especial desses bailes e concursos repletos de glamour
A Rainha dos Calouros com a Miss Brasil 1964, Ângela Vasconcelos 
Fonte: O Progresso de Ourinhos, 16-7-1966

Aos 16 anos, foi eleita a "Glamour Girl da Média Sorocabana (1963)



O BAILE DA RAINHA DO CAFÉ - CHAVANTES 1964

Meu amigo, o supervisor de ensino Dirceu Bento da Silva tem seu nome na  história radiofônica de Ourinhos. Estudante do curso normal do IEHS, trabalhou como locutor na ZYS7 Rádio Clube de Ourinhos. Nessa condição, esteve presente em 1964 no  Baile da Rainha do Café, que ocorria, anualmente, no Clube Ouro Verde em Chavantes. Na foto 1, discursa a Rainha, que não é de Ourinhos, creio. Na foto 2, ele entrevista uma das princesas,Olenka  de Melo Sá, filha de Adiba e Filemon de Mello Sá. Na foto 3, discursa a Rainha do Café, de 1964 . Na foto 4, entrevista Nilza Maria Ferrari,Miss Ourinhos.

A RAINHA DO CAFÉ E O REPÓRTER DA ZYS7 RÁDIO CLUBE DE OURINHOS

O nome do Clube era Ouro Verde, homenagem ao rei café, que dominava a economia de Chavantes e região. Lá era realizado anualmente o baile da Rainha do Café da Média Sorocabana, eleita entre as beldades da região.
A foto é de 25 de julho de 1964, Dirceu Bento da Silva, na época, locutor da ZYS7 Rádio Clube de Ourinhos, entrevista a concorrente Nilza Maria Moya Ferrari, hoje Tudisco.
Nilza foi uma das mais belas mulheres de Ourinhos de sua geração,como atesta a foto.
Dirceu ingressou no magistério público estadual, onde aposentou como supervisor de ensino. Continua em plena atividade como professor na Prefeitura de SP (EMEFRoquette Pinto), locutor em eventos sociais, civícos, políticos,(formaturas,desfiles, bailes), jurado de Carnaval, cantando em Corais, e como radialista (com DRT) . Ainda trabalhou em algumas emissoras como: Universitária de Guarulhos, Imprensa FM, Tupi AM,Fraternidade FM e outras comunitárias. Reside em São Paulo.
Foto: autoria desconhecida

VELHOS CARNAVAIS

Os Carnavais, no Grêmio Recreativo de Ourinhos, eram concorridos desde os anos anos 1920, embora, é claro, com um número reduzido de frequentadores. Ali se divertia a elite da cidade. Havia, também, bailes carnavalescos promovidos por outras associações, como o Esporte Clube Operário que anunciava, em 1927, a realização de quatro noitadas: 26,27,28 e 1º de março, no Cine Central, sendo cobrado dos sócios dois mil réis e dos não sócios cinco.
Esta foto, do início dos anos 1930, dá uma idéia do quanto eram animados os bailes do GRO. Nela foi possivel identificar:
José Esteves de Mano Filho, no canto à esquerda, trajando um pijama como fantasia. Ele foi empregado da Cia Ferroviária São Paulo-Paraná, tendo sido também prefeito municipal, após a renúncia do prefeito Benedito Camargo, em 1936.
no Bloco das Malandras (ao centro) foram identificados:
- na primeira fileira (centro) - Mário Thomé, Bráulio Tocalino, que foi casado com Diva Milani e Ziza Milani;
- sentados no chão (à frente do bloco) …

OTILINDA RAMOS ZANOTTO

Deixou-nos dia 25 março p.p.
Amiga e vizinha de longas décadas . Era irmã de Santa Ramos Brandimarte. Foi casada com Bija Zanotto. Aos dois filhos e famílias nossos sentimentos.


Foto: edição de uma foto em frente a estação da Sorocabana no início dos anos 1940. Ela é a jovem trajando vestido preto.