Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

1948 - UM GINÁSIO ESTADUAL PARA OURINHOS

Clique sobre a foto
No dia 5 de agosto de 1948, ocorreu a cerimônia de instalação do Ginásio Estadual de Ourinhos. Com isso, alcançava o município um objetivo há muito tempo almejado. Desde 1938, o ensino secundário era oferecido, na modalidade ginasial, por uma instituição privada com subvenção da prefeitura, o Instituto Educacional de Ourinhos. No entanto, o acesso a essa modalidade não era universal na cidade, limitando-se aos que podiam pagar a mensalidade ou aqueles poucos alcançados com a subvenção municipal.  A criação do ginásio estadual foi obra do Partido Social Progressista - PSP, que estava no poder em São Paulo. O comitê local, que havia apoiado a eleição do prefeito recém eleito Cândido Barbosa Filho, desde o início do ano de 1948 desenvolvera gestões junto ao governo do Estado para alcançar aquele objetivo. Estiveram presentes à cerimônia, que ocorreu nas dependências do Grupo Escolar Jacinto Ferreira de Sá, às 15 horas: Horácio Soares,  presidente da Câmara a Municipal loc…

AS FORMATURAS ESCOLARES AO LONGO DE TRÊS DÉCADAS

Já em finais do século passado, as cerimônias de colação de grau foram deixando de existir. Isso tanto nas escolas estaduais de 1º e 2º graus, estaduais e particulares, com raríssimas exceções. Na Universidade de São Paulo, quando conclui o bacharelado em História, em 1970, eram marcados dias na Reitoria nos quais grupos de alunos colavam grau sem qualquer aspecto solene. No curso de Direito, a tradição da cerimônia ainda persistia, apesar de seu alto custo. Passei por ela em 1980, no Mackenzie. Não sei hoje como está. Nos anos 1940, 1950 e 1960, as cerimônias ocorriam no primário, no secundário e no ensino superior. As fotos que aqui seguem proporcionam uma ideia de como essas cerimônias eram bonitas, tanto em escolas estaduais que congregavam alunos de todas as camadas da sociedade, como em escolas particulares. As cerimônias ocorriam nos salões  de clubes  e em cinemas. No caso de Ourinhos, eram utilizados o Cine Ourinhos e o Grêmio Recreativo de Ourinhos. Já o Educandário Santo Antônio …

A PRAÇA PREFEITO CAMARGO, UMA HOMENAGEM A BENEDITO MARTINS DE CAMARGO

A Praça Prefeito Camargo foi criada em 1948 para homenagear o prefeito Benedito Martins de Camargo (1934-1937), falecido em 1939.Como o prefeito Camargo foi vizinho de cerca de meu avô, fui criado ouvindo referências a esse ilustre morador de Ourinhos. As novas gerações que passam diariamente por essa praça central, já nem se lembram de sua denominação, hoje é mais comum referir-se a ela como a "praça da Catedral".



Essa praça ficou muitos e muitos anos abandonada pela municipalidade, embora ali estivesse localizada a Igreja Matriz, que somente foi concluída interna e externamente nos anos 1960.  O único "adorno" que lhe deram foi nos anos 1960 com o plantio de várias mudas de flamboyant em seu entorno. Trata-se de espécime originária da ilha de Madagascar, cujas raízes externas assumem formas diversas,e que,  anualmente, nos oferece belos cachos de  flores vermelhas. Até o início dos anos 1960, a praça era ocupada por nós, garotos que moravam nas suas proximidades para…

A QUINTA LEGISLATURA DA CÂMARA MUNICIPAL DE OURINHOS (1964-1968)

Foto de autoria desconhecida, publicada por Wilson Monteiro, em seu blog.



"O período das atividades da Câmara compreendido entre a posse dos Vereadores e o término de seus respectivos mandatos é denominado LEGISLATURA". www.jurisway.org.br
Nos municípios brasileiros as primeiras eleições de vereadores pelo voto direto deram-se em 1947, após as eleições para o Senado, Câmara dos Deputados, Presidente da República, Governador de Estado e Assembleia  Estadual.  Numa cerimônia que ocorre na Câmara Municipal, o vereador recebe da Justiça Eleitoral um documento oficial que reconhece a validade de sua eleição - o diploma, de posse dele, são então empossados. Nesta foto vemos algum dos vereadores da 5ª Legislatura na cerimônia de posse. Dois deles têm nas mãos o seu diploma: Ibraim Roberto Ribeiro Abujamra e Esperidião Cury. A eles seguem-se:  Mithuo Minami, Geraldo Bernardini, Ary Francisco Negrão e Luciano Correia da Silva O pai de Ibrahim, Abrahão Abujamra, havia sido vereador nas 2ª …