Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

OUTUBRO DE 1949 - A FUNDAÇÃO DO CINE CLUBE E A INAUGURAÇÃO DO MARCO ZERO

Na edição de 12-10-1949, o semanário "A Voz do Povo" publicava:
"CINE CLUBE DE OURINHOS 
CENTRO DE ESTUDOS CINEMATOGRÁFICOS
Foi fundado a 12 do corrente o centro de estudos ci­nematográficos de Ourinhos, em reunião realizada no Grê­mio Recreativo desta cidade."
Faziam parte de sua Diretoria : Presidente,  Dr. Antonio Gomes Pereira ;  Vice-Presidente, José Camerlingo;  l.o Secreta­rio, Agostinho Nunes de Abreu;  2 .0 Secretario, Teresinha Menezes ;  Tesoureiro, Paulino dos Santos;  Diretor de Curso, José Pelegrini;  Bi­bliotecário, Maria Lara Rodrigues,  Diretor de Fílmoteca, Beibe Feirer;  Conselho Fiscal, Benedito Monteiro, Eduardo Costa Galvão e Nel­son Pontara. Abrindo a sessão o presidente do Centro falou sobre as finalidades da instituição. Também fizeram uso da palavra José Camerlingo e Beibe Ferer, "sugerindo idéias sobre o alcance da iniciativa".
Eu me recordo de, ainda criança,  ter ido a esse Cine Clube, muito provavelmente organizado nos moldes do existente n…

FIORI GIGLIOTI (1928-2006)

Na foto, vemos Giglioti falando para a rádio local tendo à direita o repórter Dirceu Bento da Silva. Logo atrás de Fiori vemos o correspondente da Rádio Bandeirantes em Ourinhos, o conhecidíssimo "João Peixeiro" e o ex-prefeito Antônio Luiz Ferreira.
O famoso locutor esportivo,  que narrou dez copas do mundo, acabou falecendo na véspera de uma delas, a de 2006. Trabalhou em várias rádios paulistas, fazendo  uma longa carreira na Rádio Bandeirantes. Foi o autor de frases notáveis durantes as suas narrativas, e que entraram para a história do futebol brasileiro : “Um beijo no seu coração”, “O tempo passa”, “Uma beleza de gol!” ,“Tenta passar, mas não passa!”, "Agora não adianta chorar" ,  "Torcida brasileira",  “Crepúsculo de jogo”, “Aguenta coração!”, “Uma beleza de gol!”,  “Um beijo no seu coração”. A foto que ilustra esta coluna é a de uma visita de Fiori a Ourinhos, assunto que já foi objeto de dois bons artigos de meu colega César Resta (Nato) neste jornal…

OURINHOS NO ALVORECER DOS ANOS 1930

No alvorecer dos anos 1930, o Município de Ourinhos segundo artigo de J.B. Guerreiro, contava com cerca de 15.000 habitantes, dos quais por volta de 3.500 moravam na cidade. 


Surpresa das surpresas, com essa população pequena a cidade tinha três clubes de futebol: O mais antigo creio,  Esporte Clube Operário, os recém criados Aurora Futebol Clube e Clube Atlético Ourinhense

Para dirigir o "Operário" haviam sido eleitos em assembléia geral de 1931:
Presidente: Hermenegildo Zanotto
Vice-Presidente: Chede Jorge
1. Secretario : Luiz Zanotto
2. Secretario : Altamiro Pinheiro
1. Thezoureiro : Humberto Detogni
2. Thezoureiro: Antonio Carlos Mori
Director Geral ! Lazaro dos Santos
Orador Official: Prof. Joaquim Pedroso Filho
Conselho Fiscal : Manoel Teixeira, João Du­arte Medeiros e Oswaldo Pareto Torres
Director Esportivo : Américo de Carvalho
1. Capitão : Leontino Ferreira
2. Capitão : José Rezende Gomes

A diretoria do "Aurora", eleita em 1931,  era composta por: 

Presidente: Sebastiã…