Pular para o conteúdo principal

Postagens

OURINHOS A CAMINHO DO CENTENÁRIO : O PASSADO E O PRESENTE - I - A PRIMEIRA RODOVIÁRIA , COMPANHIA DE AUTOMÓVEIS RAUL SILVA E CENTRO COMERCIAL

Iniciamos hoje, OURINHOS A CAMINHO DO CENTENÁRIO : O PASSADO E O PRESENTE , uma coleção  de fotos de Ourinhos dos anos 1920 aos dias atuais.  Para iniciá-la, escolhemos a confluência da Rua Arlindo Luz com a 9 de Julho, na região central da cidade. Nessa confluência, os irmãos Féres Mattar, Jamil e Pedro, fizeram erguer o conjunto de prédios que abrigou a primeira rodoviária da cidade, em 1940. (primeira foto)
https://ourinhos.blogspot.com.br/2010/05/primeira-estacao-rodoviaria-de-ourinhos.html
Teve curta duração, pois já em finais dessa mesma década, o local passou a abrigar a Sociedade de Automóveis Irmãos Silva "Ford" - 1946. (segunda foto)
https://ourinhos.blogspot.com.br/2016/04/1-de-maio-de-1946-inauguracao-da.html
Hoje, nesse mesmo local há um conjunto de lojas comerciais.



Postagens recentes

1962 - O MONUMENTO À REVOLUÇÃO DE 1932

No dia 9 de Julho de 1962, o prefeito Antônio Luiz Ferreira inaugurava um monumento à Revolução de 1932, nas dependências do Clube Diacui, às margens do Rio Paranapanema, área onde ocorreram confrontos entre os revolucionários e as forças do governo federal. 
Fonte: Diário da Sorocabana, 7-7-1962, in Tertuliana Acervo 


As ribanceiras do Paranapanema foram palco de luta armada por ocasião da Revolução de 1932. "Com a oposição praticamente total dos estados, isolado em suas fronteiras, São Paulo via-se às voltas com uma guerra que iria durar mais tempo do que o previsto, e não possuía condições bélicas para enfrentá-la com sucesso, como demonstra a observação comparativa dos quadros e do material bélico dos dois lados em luta. No setor sul as forças do governo central eram comandadas pelo general Valdomiro Castilho de Lima, que contava com os efetivos do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná, somando aproximadamente 18.000 homens, além da Brigada Gaúcha, 27 corpos de provis…

AS DEBUTANTES DE 1967 DO GRÊMIO RECREATIVO DE OURINHOS

O Baile das Debutantes de 1967 foi realizado no dia 9 de setembro. Segundo  reportagem do jornal "O Progresso de Ourinhos" foram 13 jovens que debutaram,  sendo 6 de Cambará, 6 de Ourinhos e 1 de Palmital.


Cláudia Aparecida 
Alves de Lima      Carmen Maria Cesere




Marta Saleti Moretti Vera Lucia Vialle Ferreira

 Maria Luisa Faro

Maria Helena Ferrazoli (Signorini)

Rosely Abu-Jamra
Maria Yolanda Presende Trindade


Lucia Margarete Pimenta













Maria Teresa Novais da Silva

O PRIMEIRO CORETO DA PRAÇA MELO PEIXOTO (1927-1958)

Leia o texto ouvindo a música  pelo You Tube logo abaixo.
Se ele tivesse sobrevivido à reforma da Praça Melo Peixoto levada a cabo pelo prefeito José Maria Paschoalick,  completaria 90 anos em 7 de setembro deste ano.  Não era um coreto luxuoso; modesto sim, pois com os parcos recursos que a cidade dispunha dez anos após a sua emancipação, não poderia  dar um passo muito alto. Sofreu melhoria logo após a inauguração,  e cumpriu garbosamente com as suas obrigações, servindo de espaço para nossas garbosas bandas se apresentarem aos domingos. Ao longo de 31 anos, teve de papel de destaque  em cerimônias públicas: posou durante a Revolução de 1932 para uma bela foto do Batalhão Teopompo; deu guarida a uma incipiente transmissão radiofônica pelo  alto falante  instalado no topo da sua torre; assistiu a inúmeros casamentos, batizados e enterros celebrados na também modesta Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus; observou crianças  de várias gerações brincarem no banco de areia que havia a sua frente…

O ÁLBUM DOS "BACANAS DE OURINHOS" - ACERVO CYRO TEIXEIRA TUCUNDUVA

15-11-1941 - A Voz do Povo BOLA AO CESTO Pelo «Ouro Verde» , chegou hoje a esta cidade a caravana cestobolistica do Escritó­rio Central da S. P. P,  da Capital do Estado, que vem disputar duas amistosas partidas de bola-ao-cesto com os encestadores locais do Ourinhense Basket Bali e do S. P. P. Hoje, á noite, no campo do C. A. Ourinhense, ás 8 horas, terá lugar a inauguração da iluminação da sua quadra de cestobol, hávendo, por ocasião, a primeira partida, entre o quinteto visitante e o «five» do Ourinhense. Amanhã, ás 9 horas, na excelente quadra do S. P. P., jogarão a equipe visitante e o quinteto ferroviário local. 5. F. F. BasqueteBall  Resultado do l.o Turno de Campeonato Interno S. P. P.: Adm. Geral, 12 x Locomo­ ção, 23. Contadoria, 26 x Tráfego, 9 Adm. Geral, 27 x Tráfego, 26 Contad. 16 x Locomoção, 14 Ad Geral, 18 x Contadoria, 26 Locomoção, 20 x Trafego, 16. Classificação dos encestadores: Mario Cury, C.T.D., 44 pontos Machadinho. T.R., 36 « Honorio, L.O.C, 28  Luiz Zanoto, A G…

A SOCIEDADE ESPORTIVA BACANAS DE OURINHOS

Nos anos finais de 1930, um grupo de jovens autodenominado "Os Bacanas de Ourinhos" haviam formado dois times: um de futebol e outro de basquete, e em 1940 , deram um voo mais alto, fundando  e fundaram uma sociedade esportiva denominada Sociedade Esportiva Bacanas de Ourinhos. O livro de atas dessa associação foi cuidadosamente conservado por um desses jovens, que me parece ter sido o líder do grupo. Trava-se de Cyro Teixeira Tucunduva, filho de um dentista radicado em Ourinhos nos anos 1930, o drº Lino Tucunduva. Cyro, então com 21 anos,  trabalhava no escritório da Companhia Ferroviária São Paulo-Paraná (contadoria).
A família Tucunduva, foto em Ourinhos



Com uma letra rebuscada Cyro, na qualidade de secretário da Associação,   abriu o livro de atas no dia 8 de abril de 1940:


A Associação tinha como sede a sala interna de um dos mais famosos bares da cidade naquela época, o Bar Paulista situado na Praça Melo Peixoto e  de propriedade de dois irmãos Zaki Abucham, um dos quais, …