Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

CASA DE SAÚDE DRº HERMELINO DE LEÃO

Clique sobre a foto A ilustração nos mostra a Casa de Saúde construída pelo drº Hermelino de Leão, na Avenida Atino Arantes e o artigo ao lado contem lembranças  do Grupo Ecolar.

OLÍVIA E ANTÔNIO FERREIRA BATISTA

O casal  aniversaria nesta semana. Antônio fez 94 anos no domingo,  e Olívia, 90, amanhã 27/3/2012. Para alegria dos amigos e familiares os dois estão firmes. Quem fala com Ferreira, jamais diria que ele tem mais de 90 anos. Deixo aqui minha homenagem aos dois, feliz por compartilhar de sua amizade há 56 anos. Parabéns !!! A foto nos mostra o casal e alguns  bisnetos ,  por ocasião dos 90 anos de Ferreira. 

JOSÉ CARLOS MARÃO, O JORNALISTA

CLIQUE SOBRE A FOTO
A foto, que ilustra o texto de hoje, foi-me enviada por Toninho Mantovani, um dos jovens que nela estão. Eram todos alunos do 1º ano do Curso Científico do Instituto de Educação Horácio Soares, em 1957:  Em pé, da esquerda para a direita: Paulo Aurélio Vivan dos Santos, José Carlos Marão e Mário Takaes. Agachados, da esquerda para a direita: Sílvio Leite Monteiro, Mocho (Carlos Osftronoff), Bacilão (Cláudio Antonio Bacilli) e Toninho Mantovani Filho.   Segundo relato de um dos rapazes, José Carlos Marão,  Paulo Aurélio Vivan dos Santos era  muito ligado em esportes. Tanto assim que se formou em educação física e foi um grande treinador de basquete. Desse modo, organizou um time de basquete com integrantes do primeiro ano científico. Essa quadra, da qual me recordo, ficava na Rua dos Expedicionários, num terreno ao lado do prédio da Prefeitura. Era uma espécie de quadra oficial da cidade, substituída alguns anos depois pelo ginásio de esportes, popularmente chamado de &q…

LOURDES RECLUSA, A CHEFE DAS TELEFONISTAS.

CLIQUE SOBRE  A FOTO
Lourdes Reclusa veio para Ourinhos como chefe do posto telefônico da Companhia Telefônica Brasileira - CTB, nos finais dos anos 1950. Naquela época mulheres solteiras que eram transferidas de sua cidade natal,  dificilmente alugavam apartamento em hotéis, e sim buscavam residir em casa de famílias. Foi o que aconteceu com dona Lourdes. A casa de minha avó, na Rua 9 de Julho,  tinha quatro 4 quartos, dois estavam completamente vagos e, por sugestão de minha tia Nim que era telefonista, Lourdes alugou um deles. Sua cidade natal era Santos. Era uma mulher muito elegante, simpática. Tornou-se muito querida das subordinadas e respeitada na cidade. Com a sua aposentadoria, retornou para a cidade natal. Essa foto mostra a festa que as telefonistas lhe prepararam por ocasião de um aniversário. Ela está cortando o bolo tendo ao seu lado O o chefe da área administrativa da CTB, na cidade. Há na festa, à qual estive presente, muitos rostos conhecidos cujos nomes o tempo levou. Alg…

O OURINHENSE HENRIQUE OLIVEIRA EXPÕE NOVOS TRABALHOS NA ÁUSTRIA

O ARTISTA É FILHO DE CRISTINA SOUZA E NINHO





CONHEÇA HENRIQUE OLIVEIRA

A LINHA DO TREM

CLIQUE SOBRE A FOTO
Esse trecho da Rua Antônio Prado é cortado pela linha férrea da antiga Sorocabana, hoje América Latina Logística. Quando os trens chegam ou fazem manobras, a porteira se fecha e os pedestres, veículos, bicicletas são obrigados a se armar de paciência e aguardar. Isso no coração da cidade. Além dessa passagem há outras pela cidade. A foto é dos anos 1940, dá para se  ver os trilhos. O conjunto arquitetônico que se inicia com o prédio do Hotel Lider e o prédio seguinte mantém as características que aparecem na foto.No térreo do terceiro prédio funcionava a famosa Alfaiataria Casseta,  de Antonio Casseta. Com essa divisória na cidade era muito comum a população referir-se à expressão: "pra cima ou pra baixo da linha?". "Pra baixo da linha" ficava o núcleo inicial da cidade a Avenida Jacinto Sá  . "Pra cima da linha" fez-se a primeira praça, construíram-se: o cinema, a Igreja Matriz, o Grupo Escolar, os bancos, a prefeitura  e  as novas residênc…

FERROVIÁRIOS

Esta foto praticamente retrata os últimos momentos do escritório da Rede Ferroviária Federal S/A - em Ourinhos.  A  RFFSA havia sido criada em 1957. Em Ourinhos, a  Companhia Ferroviária São Paulo-Paraná passou a integrar a  a Rede de Viação Paraná-Santa Catarina, em 1944, constituindo um dos distritos dessa rede ferrovia. Com sede em Curitiba, as atividades  do escritório  de Ourinhos reduziram-se bastante, passando a ser desenvolvidas por um número reduzido de empregados, sob a chefia de Benedito Monteiro, o antigo contador da SPP. Meu pai aposentou no início dos anos 1960. Monteiro continuou trabalhando,  mesmo tendo completado os anos necessários para a a aposentadoria. Morreu ainda na ativa, morando numa das antigas casas dos ingleses, a que fica na esquina da travessa que leva o seu nome. 

Esta foto é dos anos 1960, nela estando três remanescentes da SPP: Bolivar, à esquerda, seguido por Monteiro, e no último degrau, com óculos escuros, José de Barros Carvalho, um grande amigo de m…

MARIA HELENA RIBEIRO DA SILVA (1942-2012)

Na minha infância  e adolescência estive próximo da família de Dona Cali e Seu Elziro, pela amizade que unia nossas mães e por ter sido contemporâneo do Roberto. Sem falar da minha admiração pelo canto vocal de Cali, nos casamentos da Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus, quando eu, que morava a uma quadra, subia ansiosamente os vários degraus da escadaria que levava ao coro para vê-la  cantar.. Quando a visitei (Cali), pouco tempo antes de sua morte em 2010, Maria Helena não estava, pois era seu horário de trabalho. Cali contou-me feliz  que Maria Helena havia retornado a Ourinhos para lhe fazer companhia. Ontem, ao receber a última edição de do semanário "Folha de Ourinhos", nela encontro a nota do falecimento de Maria Helena, a quem presto homenagem, lembrando-me das feições delicadas da adolescente sempre presente e atuante nas cerimônias da Igreja Matriz.