14.4.12

OS AMANTES DA PESCARIA E DA CAÇA


Clique sobre as fotos
Em pé (da esquerda para a direita): 1.Ademar Devienne, 3.Mário Brandimarte, 4. Mário Zanotto, 5.Antônio Ferreira Batista, 6.Irineu Ferrazoli. Agachado, com o cachorro, Artibaldo Semioni


O último à esquerda é Clóvis Conceição de Souza. 


Já comentei aqui o fato de haver muitos pescadores e caçadores em Ourinhos. Isso se explica pela localização geográfica da cidade, cercada por dois grandes rios, o Pardo e o Paranapanema, sem contar com a possibilidade de se chegar ao Rio Paraná por via fluvial. 

Atividades ligadas à caça e pesca remontam aos anos 1930, com expedições se utilizando do Paranapanema  para chegar ao rio Paraná.   

Nos anos 1950, no famoso bar do Daniel (Daniel Leirião, um dos azes do futebol ourinhense) criou-se um Clube de Caça e Pesca. 

Não sei se esse clube é o Clube de Caça e Pesca Ilha das Ariranhas ainda existente.

Tive acesso a uma série de fotos feitas na Ilha das Ariranhas, no em agosto  de 1966, nas quais há muita gente que conheci: 

Artibaldo Semioni, um excelente construtor;

Clóvis Conceição de Souza, proprietário de uma retífica de motores na Rua dos Expedicionários;
Antônio Ferreira Batista, gerente do Banco do Estado de São Paulo, um dos fundadores do "Ourinhos Tênis Clube";
Mário Zanotto;
Mário Brandimarte, proprietário de um escritório de contabilidade;
Antônio Ferreira Batista, gerente do Banco do Estado de São Paulo;
Irineu Ferrazoli, oleiro, genro de Antônio;
Ademar Devienne, meu primo,  da "Casa dos Fogões" 












______________________________________________________________






Acesse também:

CLIQUE SOBRE AS FOTOS




2 comentários:

José Carlos Marão disse...

José Carlos

Excelentes as fotos do seu pai. Dão saudades.

Também gostei de ver a foto do Ademar Devienne, meu colega de classe nas 1ª e 2ª séries.

Mas o mais curioso foi com o documentário sobre a visita do Assis Chateaubriand.

Eu, moleque muito metido, subi lá na sede do Ourinhense (onde foi o almoço) para ver as "autoridades".

Lembro dos garçons, correndo, suados, com travessas de maionese e leitoa.

Acontece que só vendo o documentário vi que estava lá o Jorge Ferreira, de O Cruzeiro.

É o primeiro que desce do primeiro avião, no documentário.

Dali a 6 anos, em 63, ele seria meu chefe, na sucursal de O Cruzeiro.

com abraço

Marão

Luis Carlos Almeida disse...

Luis Carlos Almeida escreveu:


José Carlos , boa noite ,e sobre a iha Ariranha estive la umas 3 vezes com seu tio Carlos Devienne valeu o passeio . O Carlos alem de ser socio foi tambêm fundador e cotista. . O pai do Diogenes foi um dos primeiros da Ilha.Com a uzina não sei se ainda existe ela fica na divisa do MT.. O tio foi propieterio e depois formou um clube na Ilha de Salto Grande. Não sei se ainda existe, creio que sim.Um fraternal abraço Luiz Carlos