8.4.12

ESPERIDIÃO CURY (1918-2003)






(Clique sobre a foto)


Esperidião Cury (1918-2003) era filho de Miguel Cury, natural de Kfeir (Síria), hoje Líbano e Benedita Fernandes Grillo, uma das filhas do pioneiro José Fernandes Grillo, as . As outras irmãs de Benedita eram  Eliza, casada com Adriano José Braz e Elvira , casada com Francisco Vara. 



O casal Benedita e Miguel Cury e os netos.

Esper, como era conhecido, ingressou na política nos anos 1960, quando foi eleito vereador pelo Partido Democrático Cristão - PDC.  Mostrou-se um vereador combativo nos mandatos legislativos que exerceu,  o que lhe  granjeou dimensão política,  a qual se somava à simpatia que herdara dos pais.
Tentou eleger-se prefeito por duas vezes sem sucesso. A oportunidade chegou em 1982, quando então venceu as eleições, tendo tomado posse em 1º/2/1983. Acabou governando Ourinhos por seis anos, beneficiado que foi pela prorrogação dos mandatos dos prefeitos. 
Segundo analistas, exerceu uma gestão voltada principalmente para o social, sem descuidar do setor de obras, da saúde,  da educação e da cultura.
Durante o seu mandato a prefeitura adquiriu o prédio do antigo cine Ourinhos, o qual após reformado tornou-se o Teatro Municipal de Ourinhos. 
Foi casado com Nair Bassi Cury ao longo de 63 anos. O casal teve os filhos Enair, Miguel Roberto, Rosely, Cristina e Ricardo.
A foto, por Francisco de Almeida Lopes, nos mostra Esper nos anos 1960, numa cerimônia comemorativa do Clube Atlético Ourinhense, do qual seu pai foi um dos fundadores. Ele está à direita, em primeiro plano, trajando um terno claro. Na foto são vistos também, à esquerda,  o vereador João Flauzino Gonçalves,  e mais ao fundo o  vereador Lauro Migliari. 

Nenhum comentário: