LOURDES DEVIENNE FERRAZ




Lourdes já adentrou os 80. Ela nasceu em Ourinhos no dia 17 de julho de 1929. Foi a primeira filha do casal Carlos Eduardo Devienne e Benedita de Almeida Lopes Devienne. O pai viera para Ourinhos na segunda metade dos anos 1920, já experiente como ferroviário. Após uma curta passagem pela Estrada de Ferro Sorocabana, tornou-se o Chefe de Movimento da recém constituída Companhia Ferroviária São Paulo-Paraná, na qual permaneceu nessa função até 1944, ocasião em que a ferrovia foi encampada pelo Governo Federal.
Fez o curso normal em Santa Cruz do Rio Pardo, onde ficava interna num colégio de freiras. As freiras acompanhavam diariamente as alunas que estavam sob sua guarda até a Escola Normal, indo buscá-las ao término das aulas.
Formada, Lourdes ingressou no magistério da rede estadual pública, onde permaneceu até sua  aposentadoria. 
Em Ourinhos conheceu o jovem artista plástico,  Mário Pinho Ferraz, cujo padrasto viera para Ourinhos para gerenciar a Cargil.
Casaram-se  no início dos anos 1950, na Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus (Igreja velha). 
Em 1956, o casal mudou-se para São Paulo. 
Tiveram os filhos Mário (Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo),  Ricardo (bacharel em direito) e Carlos Eduardo (arquiteto). Mário já faleceu.
Esta foto do casamento de Lourdes, feita por seu tio Francisco de Almeida Lopes, é a única que conheço do interior da Igreja Matriz.
Na foto ampliada, percebem-se alguns detalhes do seu interior, como a porta de entrada onde, sobre duas  colunatas,  havia imagens de santos.
A noiva é levada ao altar por seu pai. Logo atrás no cortejo são vistos o tio da noiva Alfredo Devienne e a madrasta Avelina de Almeida Devienne.
Abrindo o cortejo, as  crianças (primos da noiva): Maria Anselma Devienne Monteiro e José Carlos Neves Lopes. 





Comentários

É Zé Carlos o tempo passa...minha mãe fará em setembro 82 anos, obrigado por esta citação no seu blog, com certeza ela vai ficar muito feliz.

Um forte abraço!

Edu

Postagens mais visitadas deste blog

SÉRGIO NUNES FARIA (1949-2008)

LAURO MIGLIARI X ALDO MATACHANA THOMÉ - A ELEIÇÃO MUNICIPAL DE 1968

O CINE PEDUTTI (1967-2002)