OTÁVIO FERREIRA, O AMANTE DA PESCARIA







Rodeado por dois rios de porte grande - Pardo e Paranapanema, sem falarmos do pequeno Turvo, e a proximidade com estado do Mato Grosso, Ourinhos oferece forte atrativo para aqueles que apreciam a caça e a pesca.
Já na década de 1950 (5/7/1955), foi criado o Clube de Caça e Pesca, com a seguinte diretoria:
Carlos Eduardo Devienne – presidente
Paulino dos Santos – vice
Nelson Vieira da Silva – tesoureiro
Geraldo Ribeiro Abujamra – secretário
Antonio Segala - diretor social
A sede do Clube ficava numa ilha, alguns quilômetros abaixo da Usina Salto Grande, nas proximidades do ponto Jaú. O bar do Daniel, na Rua Paraná era a sede urbana do clube.
Anualmente, seus membros seguiam em excursão para o Mato Grosso.
Em frente ao Grêmio Recreativo de Ourinhos, existiu uma grande loja de artigos de caça e pesca, na rua Paraná a "Pescaça"
 Otávio Ferreira, cuja família era proprietária de um banco de areia, foi u
m grande pescador. Seu pai,  Benedito Ferreira, falecido em 1950 aos 83 de idade, era um dos mais antigos habitantes da cidade.
Otávio foi vizinho de meus avós, residindo na Rua 9 de Julho, esquina com a Rio de Janeiro. Lembro-me dele sentado numa poltrona, em frente de sua casa todos os finais de tarde, vendo o movimento da rua e proseando com aqueles que ali passavam e paravam. Sua esposa chamava-se Isabel. Tiveram os filhos: Homero, Diógenes, Clodoaldo, Raph,  Edméia, Benedito, Otávio, Glauco, Nilza, Iara e Itapema. Otávio era uma pessoa muito popular
Encontrei um negativo de foto de Otávio feita por meu pai nos anos 1930. Sem dúvida, um belo instantâneo provavelmente feito no Paranapanema. Fica assim registrada essa homenagem, na pessoa de Otávio Ferreira, a todos os antigos ourinhenses amantes da pesca e da caça.



Renato Ferreira, Octavio Ferreira e a dupla infernal Tiguera e Clodo. Pantanal matogrossense.









OS MILANI.
A partir desta publicação, José Rubens, filho de Iara e José Milani, mandou-me  essas duas fotos onde estão seu pai e Otávio Ferreira no Paranapanema. Não consegui identificar a terceira pessoa. 
Tanto Zeca Milani como Iara sua esposa já faleceram. O casal morava na casa que fica entre a casa paroquial e a de Oriente Mori. José Rubens era afilhado de Oriente e Dirce.
Os Milani eram primos dos Mori. Eram cinco irmãos: Oswaldo, José, Diva, Ziza e Nadir. 
Oswaldo foi casado com uma filha do Júlio Mori, Anita. Teve, por muitos anos, uma papelaria em frente a Casa Alberto, na 9 de Julho.

Comentários

Anônimo disse…
jose carlos , tenho uma foto do OTAVIO COM MEU PAI ZECA MILANI, pescando !!!gostaria de publicar ???
jose rubens
Quero sim, por favor se puder mande para o endereço jcnlour@yahoo.com.br
Abs
José Carlos
Anônimo disse…
desculpa , j carlos , vi sua resposta so hoje , vou te enviar
JOSE RUBENS MILANI
Anônimo disse…
José Carlos Marão escreveu:
Zé Carlos, xará

Excelentes fotos do Otavio Ferreira e do Zeca Milani.

O Zeca foi sócio do meu pai, durante anos.

Você mandou o link para o Diógenes Ferreira ("diogenes2407@gmail.com" )?

abraços

marão
Itapema Brasil Ferreira disse…
Itapema Brasil escreveu: "José Carlos Neves Lopes, meu dileto amigo veja o seu blog corrrendo através dos netos e netas do meu pai. Ah a Eneida reclama a ausência do nome do Clodo, aliás faltou o nome do Ralpho também, este voce não conheceu, ou melhor não conhece. abraços."

Postagens mais visitadas deste blog

O CONSERVATÓRIO MUSICAL SANTA CECÍLIA DE OURINHOS

O COMERCIANTE PORTUGUÊS SOUZA SOUTELLO E O PROGRESSO MATERIAL DE OURINHOS NO INÍCIO DOS ANOS 1930.

OS 80 ANOS DO SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO DE OURINHOS