18.3.17

A PEDRA FUNDAMENTAL DA SANTA CASA DE OURINHOS 23-3-1941


Clique sobre a foto 


O momento do lançamento da pedra fundamental, foto por Frederico Hahn.
Eu identifico na foto: Carlos Nicolosi, Silvano Chiaradia, Hermínio Soci, Rodopiano Leonis, Álvaro de Queiroz Marques, drº Hermelino Leão e esposa Tata, as duas filhas do casal, Alzira Tocalino Nicolosi, as meninas Maria Lucia, Nice e Nancy Nicolosi, Annete Papa, o  jovem padre Eduardo Murante, nos seus primeiros dias como pároco de Ourinhos, Virgílio Varago, José das Neves Júnior e Florindo Carrara



Conforme o anunciado no convite em forma de folheto dirigido à população ourinhense, às 15 horas de um domingo chuvoso, em terreno ao lado do recém construído Ginásio de Ourinhos, foi dado o ponto de partida para a edificação da tão sonhada Santa Casa de Ourinhos (23-3-1941), com um costume daqueles tempos, o qual não sei dizer se ainda existe: o lançamento da pedra fundamental. 
No que consistia isso? Abria-se no chão de terra    um buraco quadrado que era  revestido de cimento, no qual   se depositava a ata dessa cerimônia, moedas da época, etc, fechando-o em seguida. Esse ato simbolizava o início da obra. 
Sobre a pedra fundamental erguia-se o edifício. 
Foi um domingo chuvoso aquele do dia 23 de março de 1941, o que não animou os habitantes da cidade a deixarem  suas casas e se dirigirem a um dos pontos limítrofes para assistir à cerimônia.
Mesmo assim, calculou-se em 300 os presentes, o que é um número razoável, convenhamos:

(A Voz do Povo, 30-3-1941, in Tertuliana on line)







Nenhum comentário: