11.6.16

KENICHI KOGA E A RETÍFICA DE MOTORES RECORD

Em 1958, eu fazia o quarto ano do Grupo Escolar Jacinto Ferreira de Sá na parte da manhã e, à tarde, ia ao preparatório para o exame de admissão ao ginásio, que tinha como professores os irmãos Oswaldo (português e matemática ) e Aparecido Pasqualini (história e geografia).
As aulas eram ministradas numa sala de aula que havia nos fundos da casa do professor Oswaldo, na Rua Dom Pedro I, quase esquina com Euclides da Cunha. Nos fundos dessa sala, havia um quartinho onde quem não lograva êxito na lição ficava de castigo estudando. 
Os dois professores eram bem rigorosos, Oswaldo um pouco mais que Aparecido, mas conseguiam bons resultados com seus alunos no dificílimo exame de admissão ao ginásio. 
Nessa época eu morava na Rua Arlindo Luz 479, a meia quadra da Igreja Matriz. Desse modo, para ir até o local das aulas eu subia a Souza Soutello, entrava à direita na Altino Arantes, à esquerda na Paulo Sá, à direita na Expedicionário até a Dom Pedro I. 
Desse modo, diariamente,  atravessava o amplo pátio da Retífica de Motores "RECORD", que passou a fazer parte do meu cotidiano durante cinco anos.

Propaganda no jornal "O Diário da Sorocabana"

Seu proprietário, Kenichi Koga,  morava em frente ao prédio novo do Instituto de Educação Horácio Soares, sendo vizinho de  meu tio Antonio Neves. 
Era um homem simpático, de boa prosa,    muito estimado na cidade e por seus funcionários,  a quem oferecia um almoço de Natal todo final de ano.

Propaganda no jornal "O Diário da Sorocabana"

Abaixo, dois instantâneos da empresa em épocas diversas e um do cruzamento da Paulo Sá com Expedicionário na atualidade.
Fotos cedidas por Hélio Herrera



Na foto, Kenichi Koga.  À sua esquerda Ari Lopes Garcia e Jaime , chefe da loja. Autoria desconhecida,  cedida por Hélio Herrera.




Fotos de empregados que trabalharam na empresa. Fotos cedidas por 
Hélio Herrera.

Um dos filhos de Kenichi Koga, Edson,  foi meu  meu colega de classe ginásio e no curso técnico de contabilidade Escola Técnica de Comércio de Ourinhos.


Kenichi  Koga faleceu aos 90 anos, em 2012. 
​Meus agradecimentos a Hélio Herrera pela colaboração com as fotos e algumas informações.













Nenhum comentário: