JOAQUIM DE AZEVEDO, O FUNDADOR DE "A VOZ DO POVO"



A CIDADE DE OURINHOS COBRE-SE DE LUTO COM A PERDA DE UM DE SEUS GRANDES BATALHADORES.

Aos 68 anos de idade faleceu nesta cidade, dia 18 do corrente, ás 10 horas da manhã, o estimado cidadão Snr. Joaquim de Azevedo, fundador e Diretor de «A Voz do Povo». 
Essa foi a manchete do semanário (24-12-1945) fundado em 1927, "A Voz do Povo", noticiando o falecimento de seu fundador .
Antes de se fixar em Ourinhos, em 1910, Joaquim de Azevedo fora empregado da Estrada de Ferro Sorocabana, tendo sido chefe de estação.


(foto do acervo de Wilson Monteiro)

Tendo circulado vinte e quatro anos,  o semanário passou por várias fases nas quais Joaquim de Azevedo soube cercar-se de bons colaboradores que publicavam artigos assinados sobre os mais diversos assuntos.

Tendo lido toda a coleção, reputo como uma das melhores fases, aquela de finais dos anos 1930, quando atuou no jornal o jornalista Sansão Ferreira.
Com a morte de Joaquim de Azevedo, assumiu a direção do jornal,  a partir de 13-4-1946,  seu filho  Reinaldo de Azevedo, que desempenhou com muita eficiência o trabalho que tinha pela frente. A gerência estava a cargo de outro filho, Orlando de Azevedo.
Após encerramento do jornal, a família manteve por muitos anos a tipografia que mantinha na Rua Paraná, na qual Orlando e Edu Azevedo, principalmente atendiam aos fregueses, com muita simpatia. 

Comentários