A "CASA ALBERTO"

Na segunda metade dos anos 1930 e meados de 1940, a "Casa Vasco", de propriedade Vasco Fernandes Grillo, filho do pioneiro José Fernandes Grillo, irmão de Benedita Cury, Elisa Braz, Elvira Vara, Alberto, Antonio, era a loja onde se compravam os artigos "da moda". O prédio onde se localizava a loja era um sobrado com residência no andar superior,  na confluência da Paraná com a Praça Melo Peixoto (ainda existe).  Vasco foi também  um exímio jogador do "Ourinhense". Em meados dos anos 1940, Vasco fechou a loja e mudou-se com a família para São Paulo. Ele era compadre de meu avô, tendo batizado minha tia Lourdes.

Foi a oportunidade que se abriu para o jovem Alberto Matachana, já com experiência em comércio,  adquirida na loja do pai Arquipo Matachana. Recém casado, construiu um moderno sobrado contendo loja no térreo e dois apartamentos no andar superior, um dos quais reservou para lá se instalar com a família. No térreo , instalou a "Casa Alberto", especializada em roupas, calçados e acessórios masculinos e femininos de alta qualidade  para todas as idades.  O próprio Alberto gerenciava a loja. Eu me lembro também de dois empregados excelentes que ele tinha no atendimento: o Salim, que anos depois montou sua loja, um empório muito bom na Expedicionário, e a Terezinha que ficou anos trabalhando na loja.
A loja tinha um espaço frontal para várias vitrines, uma novidade, onde os artigos mais recentes e procurados eram expostos.
Alberto, creio que nos anos 1970, construiu um hotel em frente a sua loja. Esse estabelecimento passou a ser gerenciado por seu filho Albertinho. 
A foto é de um desfile  de Sete de Setembro (Colégio Santo Antônio. Ao lado da Casa Alberto vê-se o jardim da residência de Ítalo Ferrari.


Comentários