OURINHENSES NO PROGRAMA DE TELEVISÃO DE HOMERO SILVA (1968)

Homero Silva (1918-1981), nascido em São Paulo, fez a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco juntamente com o irmão Gilberto. Formados. Após a formatura , Gilberto seguiu carreira jurídica, Homero, impulsionado por sua veia artística fez um concurso de locutor na Rádio Tupi e foi aprovado. Iniciou-se assim a sua longa carreira no rádio, na TV e no cinema. 
Mais tarde enveredou-se na vida política, tendo sido vereador e deputado.
Em 1968, ourinhenses compareceram a um programa de TV no Canal 9, em São Paulo,  a fim de propagandear a Feira Agro Industria de Ourinhos - FAPI,  que tivera sua primeira edição no ano anterior.
Esse programa era conduzido por Homero Silva, que aparece na  foto abaixo entrevistando Maria Aurora Gomes de Leão, a dona Tata. À sua esquerda se acham o marido drº Hermelino Agnes de Leão, ex prefeito municipal, Domingos Camerlingo Caló, prefeito municipal e o padre Arnaldo Beltrami, vigário local. À direita se acham dois filhos de Hermelino e Tata. Ao fundo se vê o brasão de Ourinhos.


Na segunda foto, vemos :



Homero Silva entrevistando o padre Arnaldo Beltrami, que tem à sua esquerda o vereador João Newton Cruz, presidente da Câmara Municipal, Oswaldo Egídio Brisola, vice-prefeito e o jornalista Salvador Fernandes, diretor responsável do jornal "Diário da Sorocabana.
Na terceira foto vemos:



a apresentação do conjunto de seresteiros ourinhenses formado por Benedito Andrade (Ditinho da polícia), violino; Liberto Resta, chefe do escritório da Sanbra, violino; Arlindo Gobbi, da seção de pessoal da Sanbra e Robertinho, funcionário da Coletoria Estadual, violão.



À esquerda Otávio Ferreira, Luciano Correa da Silva, Homero Silva, Tufy Gabriel e  Antonio Pimentel
Na ponta direita, Tibério Bastos Sobrinho, em frente a ele seria o drº Fariz Freua?

 O jornalista José Carlos Marão, o vereador Múcio Correa da Silva, o professor Alfredo Devienne Júnior, o vereador e professor Harugi Seno. À direita de Homero Silva, o professor Dalton Morato Villas-Boas.


O mesmo grupo da foto anterior e outros que não consegui identificar.

Meu pai, Francisco de Almeida Lopes, residindo  em São Paulo, na ocasião, fotografou o evento.

Comentários