15.12.13

UMA PRIMEIRA COMUNHÃO NOS ANOS 1940.



Clique sobre a foto

Numa de minhas estadas  em Ourinhos vi, numa manhã de domingo, grupo de meninos e meninas enfileirados em frente a Catedral. Logo pensei, será uma primeira comunhão? Aproximei-me e constatei que estava certo ao ver os dizeres da camiseta que usavam. Tratava-se de uma primeira comunhão. Veio-me então à memória a celebração desse Sacramento no passado: os meninos trajando terno branco e as meninas com belos vestidos brancos, parecendo noivinhas . Minha mãe, que era exímia modista, fez muitos desses vestidos. De alguns ela ainda se lembrava dos detalhes e os descrevia às vezes. Assim é a vida, em constante mutação dos costumes.
As primeiras Irmãzinhas da Imaculada Conceição logo que vieram para Ourinhos, no final dos anos 1940, deram uma apoio muito grande ao Padre Eduardo Murante na organização da primeira comunhão, procurando facilitar aos meninos e meninas da zona rural (grande ainda nessa época) o acesso a esse sacramento tão importe para os católicos. Após a missa, ela ofereciam, nas dependências do Colégio Santo Antônio, um reforçado café da manhã para as crianças.
Muitas famílias faziam questão de levar seus filhos e filhas a um estúdio fotográfico para registrar essa ocasião importante. Foi o que aconteceu comigo. 
Fomos ao estúdio do seu Machado, na Praça Melo Peixoto, para registrar a foto de minha primeira comunhão, num domingo de maio de 1955.


Foto Machado.

A primeira foto deve ser das primeiras turmas organizadas pelas Irmanzinhas, ainda antes da conclusão do prédio do colégio. Nela se  vê o padre Eduardo na última fileira. 
Foto de autoria desconhecida.

Um comentário:

Marão disse...

Fiz minha primeira comunhão em 1948. Minha professora de catecismo foi a Irmã Benigna. infelizmente não houve, para mim, as fotos tradicionais, nem coletiva nem individual.