DANÇANDO QUADRILHA NO GRÊMIO RECREATIVO DE OURINHOS (1962)




A Quadrilha advém de velhas danças populares rurais da região da Normandia (França) e da Inglaterra.
Teria sido introduzida no Brasil em  1820. Era a dança preferida para a abertura dos bailes na Corte. Ela logo deixou os salões aristocráticos em direção às ruas e clubes populares, assumindo então características regionais.
No Nordeste,  ela tornou-se  elemento primordial das festas juninas, costume que se espalhou por todas as regiões do Brasil.
Os clubes das capitais e das cidades do interior sempre tiveram o Baile de São João como um dos mais concorridos.
Foi assim em Ourinhos no Grêmio Recreativo de Ourinhos e no Palmeiras, os quais frequentei nos meus anos de adolescência.
As duas fotos mostram um desses bailes no GRO, em 1962, do qual participei dançando a Quadrilha. Minha parceira era uma das garotas mais bonitas da cidade: Nilza Segalla
Na primeira foto  estou em destaque,  de mãos dadas com Fernanda Saraiva Romero.
Na segunda vemos uma parte dos casais perfilados. Com um esforço de memória identifico:
1 - Georgeta Gonçalves;
4 - Roberto Ribeiro da Silva ;
9 - Nilza Maria Neves ( minha prima, de Itapeva, que estudava no Colégio Santo Antônio na ocasião);
10 - seu par Antonio Marmo de Oliveira Santos;
11 - Ivelina M. Marques
12 - seu par, Estevam Artur Ribeiro Margutti.
Na terceira foto, da esquerda para a direita: Estevam Artur Ribeiro Margutti, Nilza Maria Neves, Durval Marques (já falecido), Nilza Segalla, José Carlos Neves Lopes, Georgeta Gonçalves 

Foto por Francisco de Almeida Lopes 

Comentários

Ivelina M. Marques disse…
Ivelina M. Marques UAUUUUUU COMO É BOM TER FOTOS....MEUS QUERIDOS AMIGOS...MEU "PAR" ESTEVAM MARAVILHOSO !!!!NILZA E GEORGETA...MTAS VIAGENS,BAILES JUNTAS E ATÉ A OUTRA AVÓ DA MINHA... N E T A ...CAÇULA (BEATRIZ) A ANTONIA FERNANDA SARAIVA...QDO IMAGINAR....

Postagens mais visitadas deste blog

LAURO MIGLIARI X ALDO MATACHANA THOMÉ - A ELEIÇÃO MUNICIPAL DE 1968

SÉRGIO NUNES FARIA (1949-2008)

XVII JOGOS REGIONAIS DA SOROCABANA - 50 ANOS