27.1.13

UMA TARDE NO BAR E SORVETERIA CINELÂNDIA.



Nos anos 1950, existia o Bar e Sorveteria Cinelândia  em frente ao Grupão (Grupo Escolar Jacinto Ferreira de Sá). Um ponto estratégico, pois que garoto(a) não gosta de um sorvete? Além das crianças, frequentavam  esse local as famílias em tardes de domingo e os espectadores do Cine Ourinhos, quase em frente.Os proprietários do bar eram os pais do meu colega de escola e amigo de infância e adolescência, José Agostinho Gabriotti.
A primeira  foto nos mostra José Fernandes de Souza, a esposa Ivone Duarte e os filhos Cristina e José Artur saboreando um delicioso sorvete de casquinha em frente ao bar. Branquinha, a cachorra da família, está louquinha para saborear a delícia gelada.
A foto deve ter sido feita por Sakai, dono do estúdio (Foto Vitória) que ficava ao lado bar.
Foto que tem a cara dos anos 1950.



O segundo instantâneo nos mostra Mauro Gabriotti, já falecido, ao lado de sua  mãe na Sorveteria.
Observem o detalhe do mostrador de tipos de sorvete, muito característico da época.


Sem dúvida, dois momentos fotográficos que nos trazem lembranças felizes. 


3 comentários:

Anônimo disse...

O bar cinelândia era do
Sr. Armando. Alguns dos filhos dele também serviam no bar. Sr. Armando era casado com Dona Ercília, irmã do prefeito Barbosinha. Um dos filhos que tomavam conta chamava-xe Dinarte. Zezo era o filho mais novo. Já não me lembro de mais nada.
Na època dessa foto o bar já era do Mauro Gabriotti.

José Carlos Neves Lopes disse...

Agradeço a informação. Não sabia que ele havia tido um proprietário anteriormente.
José Carlos

pompeia disse...

Pois é anonimo. Conheci o bar cinelandia com o Sr Armando como dono. O Dinarti Malheiros era o mais velho. Como postei eu outro local A D. Ercilia, irmã do Barbosinha (o cara mais rico da cidade). Para os bancos da nova matriz minha mãe sofreu para conseguir que ele contribuisse. Tomei muitos sorvetes e vaca preta por lá.