9.12.12

TAVARES DE MIRANDA E A DEBUTANTE



Seu nome era José Tavares de Miranda, natural de Pernambuco (1917). Veio para São Paulo com 21 anos e ingressou como repórter policial no "Diário da Noite". Nas horas vagas dedicava-se à poesia. Acabou se envolvendo com a literatura e a coluna social.



Nas páginas da "Folha de São Paulo" manteve por muitos anos uma coluna social que fez história. Foi membro da Academia Paulista de Letras.

Em 1966,  esteve Ourinhos para ser o apresentador das jovens debutantes no baile patrocinado, anualmente, pelo Lions Clube local.



É nessa condição que o vemos nesta bela foto dando entrada à debutante Guacira Ferrari,  filha do casal Lino e Mariinha Chiaradia.
Tavares de Miranda faleceu em 1992



Foto por Francisco de Almeida Lopes

Um comentário:

Jefferson Del Rios Vieira Neves disse...

Jefferson Del Rios Vieira Neves comentou:
Foi em 1966 ou 1967- e eu fui com o Tavares nessa viagem . Bate-volta estranho.
Perua dupla do jornal, nós no banco de trás. Desci e fui direto para casa – dando um susto nos meus pais.
Combinamos um reencontro duas ou três horas depois na porta do clube
Em Jurumirim – madrugada – ele desandou discorrer sobre tilápias. Chegamos umas 7h da manhã na Barão de Limeira.
Juventude solitaria
J
Tavares era um colega interessante – um personagem [havia o mundo dele na coluna e as suas posições de direita (coisa de ex-comunista) E havia a sua bela filha Ana, um charme.