O PRIMEIRO TREM DA ESTRADA DE FERRO NOROESTE DO PARANA, MAIS TARDE COMPANHIA FERROVIÁRIA SÃO PAULO-PARANÁ


Este mapa publicado na Inglaterra em finais dos anos 1940, nos mostra todo percurso da Companhia Ferroviária São Paulo-Paraná,  de Ourinhos até Rolândia, última estação à época.


As três  primeiras  estações,  ainda  quando a pequena ferrovia pertencia a um grupo de fazendeiros foram   Presidente Munhoz,  Leoflora e  Cambará. 
A partida do primeiro trem da empresa que se chamou primeiramente Estrada de Ferro Noroeste do Paraná e, depois Companhia Ferroviária São Paulo-Paraná, foi um acontecimento de repercussão nacional, sendo noticiada pelos jornais e revistas da época. As revistas  "O Malho" e "A Cigarra", publicaram reportagens com muitas fotos.
O trem partiu de Ourinhos onde recebeu duas bençãos, uma em Ourinhos pelo vigário local, padre David Corso e outra,  já no Paraná, pelo vigário de Jacarezinho, seguindo  então com destino a Presidente Munhoz. De lá, rumo a  Leoflora.


A benção e a partida de Ourinhos.






Partida do trem que levaria a comitiva paulista até Leoflora. Um detalhe, por essa foto verifica-se que , efetivamente,  a Estação de Ourinhos ficava do lado oposto a que foi construída depois







A ponte ferroviária sobre o Rio Paranapanema.


Ilustrações:  Revista "A Cigarra", 15-6-1924 


Os primeiros empregados do escritório da Ferrovia, em Cambará. À direita, o contador Benedito Monteiro e o aprendiz de escritório, o adolescente Francisco de Almeida Lopes, meu pai.

Após a aquisição da ferrovia pela Companhia de Terras Norte do Paraná , seguiram-se as estações :
Meireles
Ingá
(travessia do Rio Cinzas)
Bandeirantes   
(travessia do Rio Laranjeiras)
Santa Mariana
Cornélio Procópio
(travessia do Rio Congonhas)
Congonhas
Urai (Pirianito)
Frei Timóteo
Jatai
(travessia do Rio Tibagi)
Londrina
Nova Dantzig (Cambé)
Rolandia

 Após Rolândia, a última estação que esse mapa nos mostra, a companhia inglesa construiu mais uma estação: Apucarana.

Se você deseja mais informações sobre essa ferrovia, acesse gratuitamente o livo digital "Meu pai e a ferrovia", editado pela Universidade Estadual do Paraná, campus de Cornélio Procópio, no endereço eletrônico:

http://www.ccp.uenp.edu.br/assets/downloadmanager/click.php?id=eb11


Comentários