13.6.15

CASAS PERNAMBUCANAS EM OURINHOS

A primeira Casas Pernambucanas foi inaugurada em 1908. 
Na sua primeira fase,  era exclusivamente uma loja de tecidos, em pouco tempo, expandiu-se por todo o território nacional.
Sua presença em Ourinhos, acredito que remonte aos anos 1930, tendo ocupado dois espaços urbanos, sempre na Praça Melo Peixoto.

PROPAGANDA EM A VOZ DO POVO, 20-8-1933

* Casas Pernambucanas *
_________________________________

Flanellas indesbotaveis
                              Cobertores resistentes
Praça João Pessoa


Primeiramente com entrada pela Rua 9 de Julho e Praça Melo Peixoto, depois, na outra extremidade,  com entradas pela Rua Paraná e Praça Peixoto, no espaço anteriormente ocupado pelo Banco Comercial do Estado de São Paulo.
Foi e continua sendo um estabelecimento comercial bastante popular que soube adaptar-se aos "novos tempos", de modo pioneiro muitas vezes.
Meu pai fotografou-a algumas vezes. Selecionei estas duas fotos que são as que mais me agradam:

No início dos anos 1940


No início dos anos 1950
O destaque na outra extremidade era o belo prédio do Banco Comercial, espaço hoje ocupado pela  Pernambucanas.


A foto destaca também um novo estabelecimento comercial a "Casa Alberto", que ainda existe no mesmo local. A carroça ainda se fazia presente na via pública. O prédio que se vê logo após a Casa Alberto era o sobrado do fotógrafo Frederico Hahn, que já havia encerrado suas atividades, tendo vendido a sua razão social "Foto Vitória" para Shuki Sakai, recém estabelecido na cidade. 
Hoje a loja continua na Praça Melo Peixoto, em modernas instalações.

Nenhum comentário: