2.8.14

ORLANDO ALBANO

Orlando faleceu dia 26-7 aos 89 anos de idade. Era casado com Olenka Volpini. 
A  família Albano é uma das mais antigas de Ourinhos. 


Orlando e a esposa Olenka


Orlando e tias: Maria,  Filomena, Vilma, Concheta e Helena.

Minha mãe contava que seu vestido de noiva (1943) fora confeccionado por dona Maria Petroline, uma das tias dos Albano,  "costureira de mão cheia", a  qual cheguei a conhecer tal qual está na foto abaixo. 

Maria Petroline

Orlando começou a trabalhar ainda adolescente na Companhia Ferroviária São Paulo-Paraná, onde já era funcionário seu irmão mais velho Alberico, (Bio). Lá foi colega de meu tio Antônio Neves.

Orlando é o segundo à direita em pé, com os colegas da São Paulo-Paraná.

Quando a ferrovia foi encampada pelo governo federal em 1944,  Bio, Orlando e  Toninho Neves foram trabalhar na empresa "Moinho Santista", depois Sanbra.
Quando meu pai foi registrar o meu nascimento, encontrou Orlando e Antoninho no "Jardim" e pediu-lhes que servissem de testemunha da declaração,  como era de lei na época. Assim, na minha certidão de nascimento original consta o nome dos dois.
Orlando como Bio foi também jogador de futebol dos mais notáveis em sua época.



Membro ativo da comunidade católica da Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe, sempre esteve atuante nas atividades religiosas e sociais que lá se realizavam. 
À família de Orlando os nossos sentimentos .

3 comentários:

Nancy Nicolosi Soares disse...

Oi, josé Carlos essas perdas acontecem,não é mesmo?
Ele era sobrinho de uma senhora que costurou muito
para a minha mãe e minha avó,Maria Petronilha,e, tam
bém trabalhou para o irmão do Bertico,por uns tempos.
Muito boa pessoa!

Jan Perino disse...

Qta coincidência,Zé Carlos.O sr.Orlando esteve consultando comigo há uns 10 anos aqui em Santos.Família muito querida em Ourinhos.Minha mãe ia com freqüencia na casa das tias dele,na av.Jacinto Sá frente a uma praça na igreja do seminário,e me levava de contra peso qdo já quase adolescente.Me lembro perfeitamente da d.Maria,d.Helena,d.Filomena e até de uma moça na cadeira de roda(filha da Vilma?) A foto que vc postou da turma da RVPSC, o primeiro agachado à Direita de terno preto é o meu tio Dirceu ( Correa Custódio) .
Obrigado por me fazer matar a saudade
Saudações
Jan

Maria Aparecida Gabrioti. disse...

Orlando e Olenka são grandes amigos de minha família. Estive no velório. Pessoas que merecem todo nosso respeito.