26.10.13

O LANÇAMENTO DA PEDRA FUNDAMENTAL DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE OURINHOS

Era um dia chuvoso de março (23). O ano, 1941. O horário,  15 horas, ocasião em que ocorreria um acontecimento muito esperado - o lançamento da pedra fundamental da futura Santa Casa de Misericórdia. 
O início da cerimônia sofreu atraso devido ao mau tempo. Ela teve  início às 16h30, com a lavratura da ata, após o que o jovem pároco recém chegado a Ourinhos, Padre Eduardo Murante procedeu à benção da pedra inicial,  junto a qual foram colocadas uma cópia da ata, exemplares de "A Voz do Povo" e moedas em circulação. 
O repórter acusou a presença de cerca de 300 pessoas.
O fotógrafo presente, com certeza Frederico Hahn, registrou esse momento, como mostra  a foto abaixo.

Clique sobre a foto

Entre os presentes identifico: o garoto Carlos Nicolosi (à esquerda de calça branca) Hermínio Socci, Silvano Chiaradia,   dr. Hermelino de Leão, esposa e  filhas, Adalgisa Tocalino Papa, Alzira Tocalino Nicolosi e as filhas, Maria Lúcia, Nice e Nancy, Anette Papa, a garota Neuza Tocalino Thomé, o marceneiro Virgílio Varago (segurando guarda chuva), meu avô José das Neves Júnior (à direita de perfil) tendo ao lado o jovem Florindo Carrara, todos rodeados pelo cafezal do fazendeiro Álvaro Ferreira de Moraes, o doador do terreno. 

Nenhum comentário: