4.11.12

RECORDANDO ANTIGOS PROFESSORES (AS): DALILA DE SOUZA






Lembram-se? Alta, gorda, extrovertida. Assim era dona Dalila, uma das melhores professoras primárias do Grupo Escolar Jacinto Ferreira de Sá, o Grupão. No final dos anos 1950 já havia dois grupos escolares estaduais na cidade, o Grupão e o "Virgínia Ramalho",chamado de Grupinho, embora fosse do mesmo tamanho ou talvez maior que o primeiro.  
Dona Dalila era casada com Diomar Antonio de Souza, que era proprietário de uma tipografia que havia ao lado do Cine Ourinhos, ou talvez sócio do Silvano Chiaradia nesse estabelecimento. 
O casal tinha vários  filhos homens, cujos nomes,  se  me engano, começavam todos com a letra D. Um deles, Dalton José (20/03/1947 - 17/12/2011) foi meu contemporâneo. 
Moraram na Expedicionário, logo após o Grupão.
Dona Dalila foi também vereadora, tendo sido eleita para a 3ª Legislatura (1956-1959), pela UDN, se não estou errado
A saudosa professora está nessa foto entregando o prêmio ao primeiro colocado da 4ª série A, de 1958, o aluno José Carlos Neves Lopes.
Saudades.
Foto por Francisco de Almeida Lopes




Foto de 1958: A professora Maria Auxiliadora Ramos Pompéia  (esquerda), a profª  Dalila de Souza e o drº Ortézio, que era o dentista do "Grupão".
Foto do acervo de Fernando Saraiva

5 comentários:

Marão disse...

Fui aluno da Dona Dalila no "admissão ao ginásio", espécie de cursinho que a gente fazia para entrar no segundo grau. Ela era sócia do professor Lourenço nesse curso de admissão ao ginásio. O curso era nos fundos da casa dela. Quanto ao período em que ela foi vereadora, acho que vale a pena aprovundar a pesquisa. Pode ter sido depois.

Cláudio (Jararaca) disse...

Não fui seu aluno, mas frequentei sua casa e conheci um pouco desta mulher determinada, de pulso forte, que conduzia seus quatro filhos com rédeas curtas. Dentre eles, fui amigo do Dalton; estudamos juntos por um bom tempo. De Ourinhos foram para Itapetininga e só vim a saber deles através do Dalton muitos anos depois. Ele em Vinhedo/SP e eu Campinas/SP. Ela terminou seus dias residindo com o Dalton e a Terezinha, já em Vinhedo.
Saudades ...

José Carlos Neves Lopes disse...

Marão, o dado foi colhido no site da Câmara. Não sei se ela cumpriu todo o mandato, mas foi eleita para essa legislatura sim.
José Carlos

pompeia disse...

sou filho da Maria Auxiliadora e amigo dos filhos da Dona Dalila e do Diomar: Dagmar, Dalton, Douglas e Djair. Mais do Dalton e Djair. Minha mãe e ela eram super amigas, acho que comadres. Minha mãe morreu cedo,com 48 anos apenas e viemos eu e meus irmãos para a casa de nossa avó em Lorena. Fui pegar papeis do Grupo Jacinto Ferreira de Sá e depois no Horacio Soares para a faculdade e havia uma escola com o nome de minha mãe. Acho que mudaram o nome da mesma. Saudades daquele tempo, Jair, Iria, João Batista, Armandinho, Foca (nem me lembro do nome), e outros. Vi que o Prof. Norival está fazendo 90 anos. Foi meu prof de historia. Quem não se lembra da Maria Tereza de Matematica-brava que só ela.

José Carlos Neves Lopes disse...

Pois é Pompéia, sua mão não foi minha professora, mas me lembro bem dela no Grupão.
Em 1998 algumas escolas foram municipalizadas e com isso acredito que a escola que tinha o patronímico de sua mãe estava nessa lista. É necessário consultar a SE do município.
Abraços
José Carlos