TITO SCHIPA EM OURINHOS


TITO SCHIPA, nascido Raffaele Attilio Amadeo (1889-1965), foi um tenor italiano que se especializou nos papéis mais leves do repertório italiano e francês. O auge de sua carreira foi no período entre guerras. Sua voz era pequena, porém elegante e bonita, usada com um fraseado aristocrático e impecável dicção. Em 1961 publicou uma autobiografia denominada “Si Confessa” (Dados - The Complete Dictionary of Opera & Operetta por James Anderson).
Pois é, no início dos anos de 1950, o tenor esteve em Ourinhos, se apresentando no cinema local.
Algumas famílias italianas que cultivavam a ópera não perderam a oportunidade e lhe ofereceram recepções em suas casas.
É o que vemos nessa foto na residência de Rafael Fittipaldi. O tenor está ao centro da mesa, vendo-se da esquerda para a direita: Henrique Fittipaldi, Otávio Fittipaldi Fontana, Demétrio Gardin, Fernando Aldo Cesar Fittipaldi, Milton Fittipaldi, Rafael Fittipaldi, Rodolfo Pellegrino,Roberto Pellegrino, José Fittipaldi Lucente e o maestro Guerra.
Sentadas Aida Fittipaldi Gardin, uma acompanhante do tenor as esposas de Rafael Fittipaldi e de Rodolfo Pellegrino.
Foto cedida por Roberto Pellegrino.

Comentários

Anônimo disse…
Olá, sou descendente dos Fittipaldi. Se tiver mais relíquias feito estas, por favor me avise! Parabéns pelo blog, muita satisfação em ler! @eunaomateijoana