ALÍPIO BRAZ


Alípio Braz partiu para outras esferas.
Francisco Soares, ao saber da notícia escreveu para estas Memórias:

"Mais uma noticia triste você me dá. Tive muito boa amizade com o Alipio. Íamos juntos para Salto Grande, uma vez por semana, eu, para ver uma namoradinha lá e ele para ver sua namorada Ivone, com quem viria a se casar. Esta era filha de Fidelcino Ribeiro Homem, cartorário naquela cidade e irmão de dona Alice Abumjara, esposa de Abrahão Abujamra, do Primeiro Tabelionato, pai do Geraldo, seu sucessor no cartório e que mais tarde passou ao filho Heraldo. Alipio foi um grande jogador de basquete, ao ponto de, com o Geraldo Barros de Carvalho, ganhar uma bolsa de estudos no Colégio Londrinense, para fazer parte da equipe da famosa escola de Londrina, no Paraná. Esta equipe era comandada pelo prof. Vitorino Gonçalves Dias, que foi meu professor de Educação Física em Ourinhos e hoje dá o nome ao primeiro grande estádio de futebol daquela cidade. Esta equipe chegou a ser objeto de reportagem de página na Folha de Londrina, isto lá por 1970. A irmã do Alipio, Djanira Bras, foi minha professora no Grupo Escolar JacintoFerrdira de Sá. "

Comentários

Wilson Monteiro disse…
José Carlos,
Fui muito amigo do Alípio nos seus últimos anos.
Ele era um dos fundadores do "Clube dos Coroas",do qual tambem sou sócio e que existiu durante muitos anos na "Chácara da Plinel",tendo sido fundado em 1978.
Hoje o Clube tem sede própria em outro local.
Foi lá que conheci melhor o Alípio,ele era o Diretor de Esportes e organizava o futebol da quartas feiras,que é o dia em que os Coroas se reunem.
Ele morava a uma quadra da minha casa e eu o via quase que diariamente.
Parabéns pela homenagem.
Cássio Bacile disse…
José Carlos,

Hoje foi a missa de sétimo dia da minha mãe Dejanira Braz Bacile, a ultima Irma viva do meu tio Alípio. registro aqui a saudade de todos meus tios que aparecem na foto postada por você. seu blog faz-me lembrar bastante da minha infância. obrigado e abraços. Cássio José Braz Bacile
Meus sentimentos Cássio. Creio que sua mãe era a última dos Braz.
Se tiver alguma foto que possa me mandar digitalizada posso publicar algo.
Abs.
José Carlos