LOJA MAÇÔNICA JUSTIÇA II, de OURINHOS

Clique sobre a foto




Ela foi fundada em 12-10-1946. Meu tio avô, de Cambará - Pr, Manoel Teixeira Filho. foi um dos fundadores. Entre os ourinhenses, recordo-me do libanês Said Francis, uma figura muito simpática com quem sempre cruzava nas minhas andanças pela cidade. Certo dia do início dos anos sessenta, estava eu na praça Melo Peixoto, quando vi passar um enterro em direção ao cemitério. Nessa época, o caixão ainda era carregado manualmente pelos amigos. Perguntei a um dos presentes quem era o falecido e ele me respondeu: "- O Said Francis". Pensei eu: "que pena, aquele velhinho com um sorriso tão bonito sempre estampado no rosto, vou acompanhá-lo até a última morada. No cemitério, um fato chamou-me a atenção: cada um dos presentes jogou sobre o caixão, já na cova, um ramo de acácia. Diante daquele fato curioso, indaguei a uma pessoa o porquê do ato. Foi quando tomei conhecimento de que a acácia era a planta símbolo da Maçonaria. "Ela representa a segurança, a clareza, e também a inocência ou pureza. A Acácia foi tida na antiguidade, entre os hebreus, como árvore sagrada e daí sua conservação como símbolo maçônico. Os antigos costumavam simbolizar a virtude e outras qualidades da alma com diversas plantas. A Acácia é inicialmente um símbolo da verdadeira Iniciação para uma nova vida, a ressurreição para uma vida futura." fonte: www.maconaria.net Na foto, identifico os ourinhenses: dois empregados da antiga São Paulo-Paraná, Amado Jesus P. Lima e Sebastião Rodrigues Braga, o velho Said Francis, os dois irmãos Mattar, os dois irmãos Teixeira Mendes, João Dora, pai do meu colega de ginásio João Batista e Luiz Ferri .
Segundo informação de Wilsom Monteiro, Said Francis nasceu em Kheyam Marjayon, no em 17 de Maio de 1889. Filho de Abdalla Francis e Chaine Abbud Francis. Era viajante comercial na Sorocabana e representava a Industria de Malas Chalala & Cia. Entrou para a Maçonaria na Loja Amor e Virtude, em Ribeirão Claro-P.R. Hoje existe em Ourinhos a Loja Maçonica Said Francis, em sua homenagem. Ele faleceu em 10 de Março de 1963.

Comentários

Anônimo disse…
Meu irmão, é muito salutar e gratificante ouvir e ler histórias desta dimensão, pois elas nos dão ainda mais força, para levantarmos templos a virtude em busca de um mundo melhor, que Grande Arquiteo do Universo o abençoe e o guarde juntamente com sua família...

Sérgio Libraiz - AM
ARLS III MILLENIUN Nº 21 - DOURADOS-MS
ivonete disse…
Sinto que o túmulo do Said Francis, esteja esquecido pelos membros da maçonaria de Ourinhos. Embora tenha o símbolo da maçonaria, não recebe manutenção e está fadado a deteriorar-se. Visito-o regularmente, fica à direita de quem entra pelo portão principal, próximo ao muro. O Said é HISTÓRIA e era amigo de meu padastro,Chiquinho Marques.Senhores maçons, fica esse alerta.Preservem sua história.
Concordo plenamente, Ivonete.
Seu alerta vem a calhar.
Anônimo disse…
Parabéns pela pagina muito interessante. Residi aí em Ourinhos durante os anos de 1980 à 1988 bem proximo de uma Loja Maçonica (saída para o Paraná e eu residia na travessa ao lado da Escola Tecnica. Hoje estou Ven:.da Loja União e Caridade nº 05 em Canavieiras -- Ba.
Anônimo disse…
Meu maior desgosto foi saber que meu nome foi indicado nesta instituição que não acrescenta absolutamente à sociedade.....
Anônimo disse…
liberdade é poder ouvir o que quer e o que não quer. Publicar somente coisas boas é ser tendencioso e fazer propaganda falsa, encobrimento as mazelas de uma instituição que não respeita a opinião dos outros...
Anônimo disse…
Não sei se este comentário será postado, mas o que eu tenho a dizer, como Ourinhense, jamais faria parte de uma loja maçônica, seja qual for a cidade, e que infelizmente a insistência por parte da maçonaria Ourinhense em tentar mudar minha opinião a respeito dos princípio maçons tem me prejudicado a nível pessoal. Deixo aqui meu protesto contra a falta de humildade da instituição, principalmente no que diz respeito ao receber um não como resposta à qualquer convite pessoal.