5.7.14

O PRIMEIRO MÊS DE REVOLUÇÃO EM OURINHOS - 1932, POR CONSTANTINO MOLINA

No Acervo TertulianaDocs - Memória em Movimento (http://www.tertuliana.com.br)  há um documento denominado "1º Mês de Revolução em Ourinhos" - 1932. Ele é de autoria do professor Constantino A. Molina, que foi o primeiro proprietário do Externato Rui Barbosa (ele o vendeu no final dos anos 1940, para o professor Aparecido Lemos). Essa escola particular foi a primeira a oferecer o ensino secundário, sob a forma propedêutica, em Ourinhos.
Os alunos (as), ao final do ano, iam para São Paulo, onde submetiam-se a exames de avaliação. Eram também oferecidos:  Curso Comercial, de Datilografia e de preparação para exames). 
Em 1937, um grupo de alunos fez esses exames na Faculdade Comercial Brasil, em São Paulo. A nota mais alta entre as alunas foi 8, obtida por Rosa Fragão, Ivone Pierotti e Amélia Neves. A mais alta entre os alunos foi 7, obtida por José Fernandes, Hermínio Nogueira e Jairo Diniz.
A escola localizava-se na Avenida Altino Arantes, onde hoje é o prédio da CEF.
"A Voz do Povo", 24-5-1931
Externato Ruy Barbosa
"Resultado do segundo exame bimensal de março e abril. Curso Comercial: 1º lugar, João Neves, com 100 pontos; 2º, Abripino Braz, com 91 pontos; 3º Orlando Vendramini, com 87 pontos; 4º José Neves Neto, com 78 pontos...."  

O professor Molina era colaborador de "A Voz do Povo", escrevendo muitos artigos sobre os mais diversos assuntos.

A publicação citada é muito importante pelo relato que faz sobre o desenrolar inicial do movimento em Ourinhos e região, ao longo de 25 páginas com muitas ilustrações . Ao final da obra depreendemos que haveria uma segunda parte, cuja existência desconhecemos.

 As organizadoras do "Café Soldado", da esquerda para a direita Alzira Santos Pereira, Chiquinha Mano Filho, Emilina Sassi, Emília Tocalino e Alzira Nicolosi.
O "Batalhão Teopompo" em frente a Igreja Matriz após missa campal.


Nenhum comentário: