26.5.13

A ESCOLA ARTESANAL DE OURINHOS


 


(Foto por Francisco de Almeida Lopes, anos 1970)


No final dos anos 1940, mais precisamente em 29 de janeiro de 1949, o projeto de lei municipal de autoria do vereador Benedito Monteiro, da União Democrática Nacional - UDN,  dava o primeiro passo para a concretização de uma iniciativa importante , qual seja a criação de uma escola profissionalizante em Ourinhos.
Para tanto, era previsto no projeto de lei a construção de um edifício para abrigar a nova escola, localizada na Vila Nova. 
Haveria dois cursos: o masculino e o feminino.  
Ao que parece, a escola começou a funcionar em 1950, tendo como primeiro diretor, o professor Aparecido Gonçalves Lemos, que havia comprado do professor Constantino Molina, o Externato Rui Barbosa, localizado na Avenida Altino Arantes. 
Um dos primeiros professores da nova escola municipal foi o professor Homero Taveiros Ramos, que foi inquilino de meu pai por muitos anos na casa de sua propriedade na  Rua Souza Soutello, mestre muito estimado por seus alunos.
No primeiros anos da década de 1950, a escola municipal profissionalizante de Ourinhos foi integrada ao Departamento do Ensino Profissional da Secretaria de Estado da Educação,  que implantara  um projeto de criação e escolas artesanais durante a  gestão do então governador Jânio Quadros . 
O Decreto Estadual nº 25.206, de 10 de dezembro de 1955, que dispunha sobre a  lotação de cargos de Mestre em Escolas Artesanais subordinadas ao Departamento do Ensino Profissional, dotava a Escola de Artesanal de Ourinhos com os seguintes cargos: dois (2) à disciplina de Ajustagem Mecânica, um (1) à de Corte e Costura e um (1) à da Educação Doméstica.
Em 1959, por iniciativa do então Deputado Estadual Domingos Camerlingo Caló (Lei 1450-59), a Escola Artesanal de Ourinhos recebeu o patronímico de "Josefa Navarro Lemos"., professora recentemente falecida,  que foi  esposa   do professor Aparecido Gonçalves Lemos, mãe do meu amigo de infância, Osmar.
Duas das mais competentes empregadas do escritório da Sanbra, as quais conheci, foram alunas dessa escola: Cleide e Setuko Sekino.
Com a municipalização do ensino, a escola integrou-se à rede de escolas de ensino fundamental de Ourinhos, conservando o mesmo patronímico.



Fica assim registrada nesta  "Memória de Ourinhos", a  importante iniciativa da primeira legislatura da Câmara Municipal de Ourinhos, após o fim do Estado Novo

A foto , cuja autoria desconheço, mostra a Escola Artesanal recém construída.
Ela foi publicada inicialmente em "Fotos Antigas de Ourinhos", de Wilson Monteiro,  que foi aluno da antiga Escola Artesanal nos anos 1950.

18.5.13

AMIGOS - JOSÉ FERNANDES DE SOUZA, ANTONIO BERTANGNOLI, REINALDO BRANDIMARTE E ADELINO BREVE





De um poema de Dalva Ferreira - DESVIAJANDO - In Poesias Soltas ( http://poesiasecasos.blogspot.com.br )

"Vem cá de novo,
voltemos juntos pelas ruas do passado,
alegremente, desviajando pela vida."


Da esquerda para a direita: José Fernandes de Souza, Antonio Bertangnoli, Reinaldo Brandimarte,  e Adelino Breve.
Amigos e todos ligados à indústria ourinhense: Sanbra, olaria, fábrica de balas e empresa transportadora.
Cada um deles escreveu a sua história nesta cidade.
Souza, a quem conheci de perto, na maior indústria que Ourinhos já teve, a Sanbra, sem contar outras atividades a que se ligou.  Bertangnoli, do ramo oleiro da Vila Odilon, no qual se destacaram várias famílias de descendentes de italianos. Brandimarte, irmão do João, José e  Mário ( contador de primeira) no ramo de fabricação de balas nos anos 1940 e 1950, mais tarde desenvolveu também outras atividades importantes ( um dos fundadores do Aero Clube de Ourinhos). Conheci mais proximamente o João, pai do meu amigo de tantos anos Valter Brandimarte. Adelino,agricultor,  vereador, pai de meu amigo Sussui, teve, juntamente com outros irmãos,  uma empresa de destaque no ramo de transporte nos anos 1960 e 1970. 
Na foto, que acredito ser de autoria de meu pai,   vemos os quatro amigos brindando alegremente. O local? Para mim é o Clube Diacuí.

(Foto publicada originariamente em "Fotos Antigas de Ourinhos", de Wilson Monteiro) 








ARISTIDES PIMENTEL (1935-2013)






Aristides ordenou-se padre, deixando a batina posteriormente.
Irmão de João, Ester, o jornalista e vereador, Benedito, Irinéia, Antônio, ex agente da Vasp 
À família os nossos sentimentos.


11.5.13

DRº LUIZ MONZILLO

Minha memória do drº Luiz Monzillo está  associada à bela e confortável clínica de saúde que ele instalou onde antes clinicava o  drº Pena, médico que se mudou de Ourinhos. Isso foi por volta de finais dos anos 1940. 
Vindo de Votorantim, onde nascera em 1917,  havia estudado medicina no Rio de Janeiro, local onde  se formou em 1941.
Veio para Ourinhos em dezembro de 1943, após ter feito dois anos de residência em ginecologia/obstetrícia. Segundo conta sua filha Ana, após quatro meses da instalação do consultório, este estava sempre lotado. Montou também em finais dos anos 1940,  um laboratório de exames juntamente com o drº Monteiro.
Empreendedor, logo teve a primeira ambulância da cidade. Ansioso por um espaço para realizar cirurgias, comprou a antiga clínica do drº Pena na Expedicionário esquina com Cardoso Ribeiro, a qual ampliou dotando-a de sete dormitórios, centro cirúrgico, sala para curativos, com alas para pediatria e maternidade.
Bastante humano, era muito estimado pelos colegas de profissão e  pelos milhares de pacientes que passaram por seu consultório e hospital. Foi uma figura marcante no meio ourinhense, em todas as camadas sociais.
A foto que vemos nos mostra, provavelmente, a ocasião de seu aniversário, nos anos 1950. Sentado, com o cálice à mão, está ladeado por sua irmã, cunhado e sobrinho.

Clique sobre a foto.


Foto cedida por Ricardo Abucham, a quem agradeço.


 

Ao se falar do drº Luiz Monzillo e sua clínica, não há como deixar de fazer referência a Tereza Leide, a enfermeira dedicada que o acompanhou no seu trabalho diário por tantos anos. Fica assim registrada a memória dessa enfermeira exemplar,  incorporada à história de Ourinhos.
A foto de Tereza foi publicada originariamente por Wilson Monteiro, cujo depoimento a seu respeito transcrevo abaixo:
"É com muito carinho que faço aqui uma homenagem a Tereza Leide,hoje com 91 anos e que foi sempre um grande exemplo de dedicação `a essa nobre profissão que é a enfermagem. Em Março de 1965, na madrugada de uma terça feira de carnaval, ela ajudou à trazer ao mundo o meu filho mais velho. Só ela e sua colega Eva, já que o Dr.Luiz Monzillo estava ausente, fizeram um atendimento perfeito que merecerá para sempre o meu reconhecimento.Meu eterno Deus lhe Pague ! "
01/04/2010 Publicada por Wilson Monteiro


4.5.13

PROFESSOR NORIVAL VIEIRA DA SILVA - 90 ANOS !


O professor Norival Vieira da Silva completou 90 anos dia 25 de abril. 
Inumeráveis foram os alunos e alunas que passaram por suas aulas, nos ensinos secundário, normal e universitário.
Todos e todas têm uma particularidade  para lembrar desse grande professor, patrimônio de Ourinhos.
Em sua homenagem, este blog publica uma foto que creio ser de 1949, quando fazia pouco tempo que o professor Norival começara a lecionar no antigo Ginásio de Ourinhos e Escola Normal.
Na foto, tomada nas dependências do antigo Grêmio Recreativo de Ourinhos, vemos  professores e professoras da primeira turma do Curso Normal: as irmãs Nilda e Edith Leonis, Norival Vieira da Silva, Aracy Steiner, Jorge Herckrath, João Batista de Medeiros.

PARABÉNS PROFESSOR NORIVAL!