A MORTE DE NILO FERRARI

Hoje, último dia dia do mês de maio, acabo de saber da morte de Nilo Ferrari.
Após meses hospitalizado em função de acidentes vasculares, que acompanhei por notícias que sua filha Nilza Maria  me passava, ele descansou.
Com vocação empresarial, Nilo após concluir o ensino secundário, retornou a Ourinhos e, juntamente com irmãos deu novos horizontes às atividades empresarias no ramo de bebidas inciadas por seu pai Ítalo Ferrari, por volta de finais dos anos 1910.
Em 1958, com a morte do pai, os irmãos Nilo, Ivo e Lino, assumiram a direção da Ivoran S/A , alterando a razão social da indústria de bebidas para Caninha Oncinha Ltda.
Hoje, os netos de Ítalo, Nildo, Nilson e Ivanilde encontram-se à frente da empresa.
Nilo, desde jovem,  foi uma pessoa muito querida em Ourinhos, o que pode ser confirmado por este artigo publicado em "A Voz do Povo", em 1942, por ocasião de seu aniversário:
Nilo casou em 1943 com Luisa Moya. O casal teve os filhos Nildo, Nilson, Nilza e Nilce.
No Clube Atlético Ourinhense, do qual seu pai foi um dos fundadores, Nilo  foi jogador e diretor. Em seu mandato enquanto diretor do clube foi  inaugurada a piscina do clube.

Os jogadores do Ourinhense: Nilo, Amadorzinho e Alberto Braz.
Na foto, Nilo Ferrari ao lado do prefeito José Maria Paschoalick por ocasião da inauguração da piscina do Clube Atlético Ourinhense.
Nico com João Moya Florez, sogro e a esposa Luisa

Católico praticante, deu amparo às obras da construção da nova igreja matriz de Ourinhos e a várias outras iniciativas da paróquia do Senhor Bom Jesus.
Nunca é demais relembrar que graças a sua iniciativa, o padre Eduardo Murante pode ter uma morada decente no Cemitério de Ourinhos, após a sua morte.
Anos depois, reuniu num único túmulo os padres Eduardo, Felipe, Ruy e monsenhor Violante.
Esteve sempre presente, juntamente com a esposa Luisa, nos últimos anos de vida de sua irmã Alba Ferrari Ferraz, atitude que minha mãe sempre destacava, por ter sido testemunha nas visitas que fazia  quase  diariamente à amiga.
Perde Ourinhos um de seus grandes filhos. 

Comentários