22.2.13

OURINHOS 2013, O DESFAZER/REFAZER DA MEMÓRIA

Se quiser ver a foto na resolução original, clique sobre ela.

Fui a Ourinhos numa viagem corrida de apenas um dia; às 7 da manhã peguei a máquina fotográfica e fui clicando. O resultado está aqui :

PRAÇA MELO PEIXOTO

Ainda não vira ao vivo  a nova Praça Melo Peixoto após a reforma. O resultado não chega a desagradar, mas ainda acho que apenas uma restauração deveria ter sido feita, conservando alguns dos equipamentos existentes. 










A MAIS BELA ANDÁ-AÇU

Os que frequentam este blog conhecem o meu amor por ela, daí as fotos especiais que ela mereceu:







AS ANTIGAS CASAS DA SOROCABANA AGORA ABRIGAM EQUIPAMENTOS CULTURAIS

A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA FANTASMA



A POLUIÇÃO VISUAL NA ANTÔNIO PRADO

A IGREJA METODISTA: O REBANHO DIMINUIU MAS  O TEMPLO CONSERVA SUA BELEZA CLÁSSICA



TRÊS MOMENTOS DA ALTINO ARANTES. O BELO E MODERNO PRÉDIO DO GRÊMIO RECREATIVO DE OURINHOS HOJE ABRIGA A IGREJA UNIVERSAL





A PRINCIPAL E MAIS ANTIGA RUA COMERCIAL, A PARANÁ, COM SEU CALÇADÃO. 






A

AQUI FICAVA A BELA MANSÃO DO DRº HERMELINO.


 A PRAÇA DA CATEDRAL





A CATEDRAL

O ALTAR DO PADROEIRO QUE AGORA FICA NA LATERAL E NÃO NO CENTRO



A BELA SANTA ANA FOI PROMOVIDA, DEIXOU O BATISTÉRIO E GANHOU UM ALTAR LATERAL



O ANTIGO ASILO SÃO VICENTE DE PAULA, AGORA LAR SANTA TERESA,  MUITO BEM CONSERVADO E CONTINUANDO A AMPARAR A VELHICE DESAMPARADA



A RODOVIÁRIA


O GRUPINHO (VIRGÍNIA RAMALHO)


A VILA DA CARDOSO RIBEIRO ("CORREDOR") QUE TANTO FREQUENTEI NA INFÂNCIA AGORA TEM UM BELO PORTÃO DE ENTRADA.



E, POR FIM, O REPOUSO DE AMÉLIA E DE FRANCISCO



4 comentários:

Cristina Souza disse...

J Carlos

Ou vc é um excelente fotógrafo, tal como seu pai, ou sua Rollei Flex é poderosa. A cidade captada por suas lentes parece ser muito mais bonita que meus olhos veem quando estou lá.
Parabéns, trabalho lindo, fotos ótimas.
Bjs
Cristina

pompeia disse...

Mudou muito. Gostava mais da cidade no meu tempo com o cinema, passeio na praça, sorveteria cinelandia e as vacas pretas. Coincidencia, os donos Malheiros são primos da minha esposa.

Zélia Guardiano disse...

Belíssima postagem, José Carlos!
De fato o corredor ganhou um portão que me impede a entrada quando a saudade se torna insuportável...É comum, nas tardes de domingo,eu ficar parada por longo tempo, a olhar lá para aquele fundo que já foi, algum dia , o paraíso terrestre...rs...
A praça ficou descaracterizada.
A cidade vem adquirindo um aspecto muito diferente.
O último choque foi encontrar aquele tapume no lugar da casa do Professor Norival. Já não bastava o que foi feito da casa do Doutor Ermelino? Mas, é a vida, é o progresso...
Abraço

José Carlos disse...

Obrigado Zélia. Quer dizer que o sobrado que o velho Alonso fez construir vai desaparecer também. Ele era especial no seu estilo.
Abraço.
José Carlos