21.11.07

LEMBRANÇAS DO VELHO GINÁSIO


Uma homenagem à minha amiga, professora Inês de Souza Leal, responsável pela alfabetização de muitos ourinhenses.

O Ginásio Estadual de foi criado pela Lei nº 7, de 23 de fevereiro de 1948, no governo de Ademar de Barros. A sua instalação ocorreu no dia 5 de agosto do mesmo ano. Desse modo, ele passou a coexistir com o antigo Ginásio de Ourinhos, criado pelo professor José Augusto de Oliveira, em 1939, o qual  era uma instituição privada com subvenção da prefeitura. Em 1946, o Ginásio de Ourinhos passou a contar com a primeira Escola Normal de Ourinhos, sob a direção do drº João Batista de Medeiros. Foi, assim, responsável pelas primeiras normalistas de Ourinhos, cuja formatura ocorreu no dia 10 de dezembro de 1949. Eram elas: Anair Ferreira, Anayde Telles, Anésia Teixeira, Araçy A. Freitas, Inês de Souza Leal, Ruth A. Foz e Vera Fiorillo. Após a cerimônia de colação de grau, no Cine Ourinhos, foi realizado o baile de formatura, no Grêmio Recreativo de Ourinhos.
A foto nos mostra um instantâneo desse baile. No fundo, à esquerda, as professoras observam as alunas dançando a valsa. Entre elas identifico Diva Leonis, minha primeira professora de Geografia. Ela tinha um sexto sentido para flagrar alunos que estavam colando. Voltava-se para os vitrôs como se estivesse alheia, de repente, dava meia volta e fazia o flagrante. Saudades....



Baile de Formatura, por Aldir Blanc
Para Mari Lucia


Eu não sonhei
que você estava linda.
Eu realmente fui ao baile
e vi você de relance, linda,
de uniforme de normalista,
e seus olhos eram olhos
de uma mulher enamorada,
parecida com a Malu Mader.
Sentindo frio em minh'alma,
procurei o bar
pra tomar cuba-libre e coragem.
Quando voltei pro salão
você não estava.
Tinha casado e mudado.
Ainda havia flamingos,
viagens sentimentais,
encantamentos, convites,
damas apaixonadas,
sofisticadas e vagabundas,
a quem amei, mesmo sabendo
que isso não pode ser amor.
Não adianta me chamar
de irresponsável.
Eu estava me sentindo um tolo
por querer você.
Ainda assim, tive luas azuis,
luas pálidas,
luas brilhando sobre
cidades desconhecidas
e um caso para relembrar
e esquecer,
e novo tempo de partir
e o que será, será,
as luzes da cidade
refletindo
um sorriso na lembrança,
um certo sorriso de verão,
cerca de meia-noite,
um sorriso de velhos amigos
embora estranhos no paraíso,
e esse sorriso reacendeu
minha velha chama:
eu dançaria a noite inteira
de rosto colado,
dançando no escuro
canções de setembro,
dançando na chuva,
nas areias da maré baixa,
mas você ainda não estava
dançando a melodia imortal,
você era uma estrela
piscando acima do arco-íris,
e de repente havia fumaça
em seus olhos,
amores clandestinos,
minha garota melancólica,
até nosso reencontro,
mas depois daquela última dança,
corpo e alma,
nunca mais seremos os mesmos.
Hoje a canção é você
e eu estou feliz
por ser infeliz nessa fascinação
entre folhas mortas,
gardênias azuis,
serenatas ao luar,
canções da Índia,
cartas de amor...
With a song in my heart
eu te esperei vinte anos,
acordado e triste,
no salão silencioso e apagado.
Você mudou, noite e dia,
mudou suave e adoravelmente,
e ainda tem os mesmos olhos,
olhos de mulher apaixonada,
olhos de Malu Mader,
e agora, por causa de você,
por tudo que você é,
eu posso finalmente sonhar
que durante todo esse tempo
você não flertou com ninguém,
e que olha só para mim,
meu amor,
meu par.

19.11.07

1908- 1941 – O FUTEBOL EM OURINHOS , POR CARLOS LOPES BAHIA, PROFESSOR DE HISTÓRIA




1908- 1941 – O FUTEBOL EM OURINHOS

A partir do inicio da construção da pequena estação ferroviária em terras de dona Escolástica, os trabalhado-res, em suas horas de folga, praticavam ou jogavam partidas de futebol na área que hoje conhecemos como praça Melo Peixoto. A abertura de uma via de acesso ligando a estação à rodovia (Raposo Tavares) abriu a possibilidade de fixa-ção dos viajantes, os primeiros moradores de um novo povoado. Logo haveriam outras vias interligadas aumentado a área ( atuais ruas Amazonas e Pará). Em 1910 o povoado já está delineado. Do lado sul da estação, ao redor da área utilizada como campo novos viajantes foram comparando áreas de terra e se fixando. Duas novas vias de acesso foram abertas, as atuais ruas São Paulo e 9 de julho. Aos poucos a área povoada na parte sul foi se estendendo até atingir a atual rua Paulo Sá e na parte norte já estavam também se abrindo mais duas vias, as atuais ruas Brasil e Barão do Rio Branco.
Em 1915 o povoado já é um Distrito de Salto Grande. Em 1918 foi transformado em município o qual foi ins-tado oficialmente em 1919.
No dia 5 de junho de 1919 um grupo de moradores fundava o Clube Atlético Ourinhense. No dia 27 de junho de 1920 a classe dos trabalhadores fundou o Esporte Clube Operário. Com a instalação de uma Prefeitura, os seus funcionários também fundariam um clube de futebol, o Municipal A.C. Um outro clube também surgiria na década de 20, o Aurora F.C. com seu campo em meio aos cafezais da fazenda dos Sá. Em 1932 o Aurora deixaria de existir e o seu campo seria adquirido pelo E.C. Operário que também mantinha já nessa época um Centro Recreativo.


1930

DIA 20/02 – Operário 4 x 1 Operário de Jacarezinho – 4 a 2 na preliminar
DIA 30/03 – Operário 4 x 3 A.A. Assisense – 1 a 1 na preliminar
DIA 01/05 - Ourinhense 4 x 1 A.A. Assisense ( taça Fernandez) e 1x2 na preliminar
DIA 20/05 – Ourinhense 4 x 0 Ribeirão Clarence do norte do Paraná. – 2 x2 na preliminar
DIA 25/11 – Operário 8 x 1 Ribeirão Clarence do norte do Paraná.

1931

DIA 12/01 - E.C. Operário 3 x 1 A.E. de Jacarezinho e 1x3 na preliminar
DIA 25/01 – E.C. Operário x Liga Atlética do Pau D’Alho
Pedro Borges é confirmado como 3o. tesoureiro do Operário
DIA 05/04 – E.C. Operário x C.A. Ipauçuense
DIA 12/04 - A.E. de Jacarezinho x E.C. Operário. Ítalo Ferrari, presidente do Operário inaugura a sede social.
DIA 11/05 – E.C. Operário (campeão de Ourinhos ) 2 x 0 Atlético Operário de Santa Cruz do Rio Pardo.
Gols de Luizinho e Ambrozini
DIA 18/05 – E.C. Operário 0 x 1 Bráz F.C. de Avaré
Formação do Operário: Rubens, Malaquias, Leontino, Orivaldo, Lazinho, Rômulo, Geto, Tonico, Oswaldo, Ambrozini e Luizinho.
DIA 25/05 – FUNDAÇÃO DO E.C. VILA NOVA - presidente, Antonio Costa. Tesoureiro, Pedro Barbosa e capitães, Francisco Oliveira e Oscar Pires.
DIA 05/07 – E.C. Operário x União de moços católicos de Ribeirão Claro.
DIA 16/08 – E.C. Operário x A.A. Santacruzense.
União de moços católicos de Ribeirão Claro x C.A. Ourinhense
DIA 23/08 - E.C. Operário x C.A. Operário de Jacarezinho
DIA 30/08 - C.A. Ipauçuense 3 x 0 C.A. Ourinhense – formação do ourinhense – Dirceu, João e Leontino –Caim, Aristides e Geraldo – Vasco, Oswaldo, Domingos e Geto. Na reserva, Durvalino, João, Adolfo e Mano.
E.C. Operário x Paulista F.C. de Assis
DIA 20/09 – MUNICIPAL F.C. da VILA NOVA 0 X 0 AURORA F.C.
DIA 06/11 – E.C. Operário 3 x 1 União Americana de Cambará - 0 a 0 na preliminar
DIA 15/11 – AURORA F. C. X CLUBE DOS FERROVIÁRIOS DA FERROVIA SÃO PAULO – PARANÁ
Disputa da taça Hermínio Socci

TIMES DE FUTEBOL QUE APARECEM NO ANO DE 1931 : E.C. Operário, C.A. Ourinhense, Aurora F.C. , Vila Nova. Municipal F.C. e até a SPP totalizando 5 times de futebol.
[

1932

DIA 04/01 – eleição e posse da diretoria do Centro Recreativo Operário – presidente, Edison Leone; vice presidente, Alcides Salgueiro; 1o. secretário João Lauro de Campos; 2o. secretário Moacir Teixeira; 3o. secretário, Antonio Ferraz; 1o. tesoureiro, Alfino Maciel; 2o. tesoureiro, Leontino Ferreira; Orador oficial, José Santana da Graça; Comissão de Finanças, Antonio Ferraz, José Beltrami, Vicente Rodrigues Neto e Ivo Faccio; Comissão de sindicância, Altamiro Pinheiro, Oscar Rocha, Américo Carvalho e Sebastião Jorge Moraes.

DIA 07/01 – Eleição da diretoria do E.C. Operário – presidente honorário, Hermenegildo Zanotto; presidente, Humberto Detogni; vice presidente, Carlos Santos; 1o. secretário, Luis Zanotto; 2o. secretário Vicente R. Neto; 3o se-cretário, Altamiro Pinheiro; 1o. tesoureiro, Joaquim M. Leal; 2o. tesoureiro, Alfino Maciel; Diretor geral, Orivaldo Santos; Orador oficial, professor Oswaldo Vieira; Comissão de sindicância, Temístocles Dezolt, Pedro Migliari, José G. Fernandes. (publicado no jornal A Voz do Povo de 28/01/1932).

DIA 07/01 – em sua sede na rua São Paulo, o Aurora também elegeu sua diretoria: presidente, Manoel Honório Silva; vice presidente, Sebastião Jorge Moraes; 1o. secretário Olivério Ferreira; 2o. secretário Oswaldo Vieira; 1o. tesoureiro, Moacir Teixeira; 2o. tesoureiro, Jorge Ribeiro da Silva; Orador oficial, Sebastião Rocha; Comissão de sindicância, João Rocha, Alfredo Gonçalves e João Borges; Comissão da Fazenda, Sylvio de Campos, Oscar Rocha e Ivo Faccio.
O campo do Aurora ficava na Avenida da Saudade.

DIA 14/02 (jornal de 21/02) – O E.C. Operário joga e empata com o Salto Grande F.C. por dois gols e vence na preliminar por 3 a 0. em uma tarde considerada trágica e tumultuada já que o campo era aberto e a torcida ameaçava a todo instante a invasão do campo para agredir jogadores e o juiz.

DIA 06/03 – C.A. Prudentino de Futebol x Ourinhense
DIA 13/03 – Paulista F.C. de Assis 2 x 4 Ourinhense e na preliminar 9 x 4 – marcaram para o ourinhense Albertinho, Aristides, Paulo e Oswaldo.

DIA 14/03 (jornal de 20/03) – Operário 7 x 1 contra o Comercial de Botucatu e 5 a 3 na preliminar.
O operário formou com Rubens, Sebastião e Malaquias – Resende, Munhoz e Tito – Luizinho, Atílio, Barbosa, Amador e Rômulo. Brigas marcaram esse jogo sendo necessário a intervenção policial.

DIA 21/03 – Operário 5 x 3 A.E. de Jacarezinho
Na preliminar - Operário 2 x 2 Atletico de Santa Cruz do Rio Pardo
DIA 22/05 – O Operário derrota a A.A. de Cambará por 2 a 0 e 1 x 0 na preliminar.

Com a revolução que vai se iniciar em julho não há mais registros de eventos esportivos no decorrer do ano

1933

Termina a fase nômade do E.C. Operário que realizava amistosos pela região. O Aurora se extinguiu ( provavelmente se fundiu com o Ourinhense ) e a conselho do C.A. Ourinhense, o Operário compra a área onde ficava o campo do Aurora na atual rua Antonio Prado.
O Ourinhense muda sua sede para a rua São Paulo e já tem o seu próprio campo construído em terras dos Cury e Ferrari.
DIA 23/07 - E.C. Operário x C.A. Operário de Jacarezinho
C.A. Ourinhense x A.A. Americana de Cambará
DIA 07/08 - C.A. Ourinhense 3 x 2 A.E. de Jacarezinho
DIA 13/08 - E.C. Operário x A.E. de Jacarezinho
DIA 14/08 - C.A. Ourinhense x A.A. Santacruzense
DIA 03/09 - E.C. Operário 2 x 1 Salto Grande
DIA 22/10 - E.C. Operário 0 x 4 C.A. Ipauçuense
C.A. Ourinhense 2 x 1 Clube Atlético de Santa Cruz
DIA 29/10 - E.C. Operário 1 x 0 C.A. Operário de Jacarezinho
DIA 05/11 - C.A. Ourinhense 3 x 1 C.A. Ipauçuense
E.C. Operário x Chavantense
DIA 19/11 – C.A. Ourinhense (infantil) 5 x 1 A.A. Chavantense (infantil)
DIA 10/12 - E.C. Operário 1 x 0 C.A. Operário de Santa Cruz . O juiz foi Castorino Ferraz.
A.Americana de Cambará (juvenil) 1 x 2 C.A. Ourinhense (juvenil)
DIA 17/12 - E.C. Operário 2 x 3 A.E. de Jacarezinho. Na preliminar, Operário 3 x 0 Furnas F.C.
DIA 04/12 - C.A. Ourinhense 1 x 2 A.E. de Jacarezinho (juvenis)
C.A. Ourinhense 0 x 1 Atletico Sorocabana da capital – Na preliminar Ourinhense 1 x 0 Sorocabana
DIA 25/12 - Aspirantes do C.A. Ourinhense 3 x 1 Vila Nova.

1938

Em 1937 já existem mais dois times de futebol se apresentando em amistosos pela cidade; a congregação Mariana e o time da S.P.P. fundado oficialmente em março de 1937.Em 1938 teremos (por pouco tempo) o Botafogo F.C.
DIA 02/01 – Botafogo 2 x 0 Platinense de Santo Antonio da Plantina
DIA 13/02 - Operário de Santa Cruz 1 x 1 Botafogo. O gol do Botafogo foi marcado pelo “Bahia”.
O Botafogo jogou com Zeca, Dudu e Orlando – Agenor, Bio e Caminhão – Remédios, Didi, Edgar, Bahia, Joaquim (substituído por Nenê). O uniforme do Botafogo era verde e branco.
DIA 26/02 - Tomou posse a diretoria (eleita no dia 20) do Botafogo com a cerimônia realizada na casa do Alberico Albano . Era ela – presidente, Felisberto Borges; vice Ivo Faccio; 1o. secretário, Orlando de Azevedo; 2o. secretário, Aparecido Nunes; 3o. secretário, Waldomiro de Camargo; 1o. tesoureiro, Waldemar de Faria; 2o. teoureiro, Teodomiro dos Santos; Diretor geral, Albeiro Albano
DIA 04/03 – registra-se o primeiro treino do Botafogo na Vila Nova com a presença dos jogadores Alcides, Antonião, Orlando, Alberico, Remédios,Tonico, Edgar, Bahia, Waldomiro, Dito, Dirceu, Jairo, Edu, Agenor, Caminhão e outros.

DIA 06/03 - Operário de Santa Cruz 2 x 1 E.C. Operário
C.A. Ourinhense 2 x 0 A.A. Santacruzense
Chavantense 2 x 4 Botafogo
DIA 01/05 - TORNEIRO PRIMEIRO DE MAIO – participantes: Ferroviária de Assis, A.A. Assisense, Operário de Palmital, Chavantense, Ipauçuense, Coqueiral de Londrina, Santacruzense, Operário de Santa Cruz, Operário de Cam-bará, Platinense de Santo Antonio da Platina, Salto Grande, E.C. Operário e C.A. Ourinhense, de Ouirihos.
DIA 29/05 – C.A. Ourinhense x Platinense – disputa final da taça primeiro de maio – Ourinhense foi o vencedor.
Operário de Palmital 1 x 2 E.C. operário de Ourinhos
DIA 10/07 - C.A. Ourinhense 3 x 0 A.A. Santacruzense
DIA 24/07 - E.C. Operário 2 x 0 A.A. Santacruzense
DIA 31/07 - E.C. Operário 3 x 3 Ferroviária de Assis – O Operário jogou com Cica, Orlando e Malaquias – Aristides,, Bio, Remédios, Piolim, Chiquinho, Didi, João e Geraldo.
DIA 07/08 - A. A. Botucatuense 3 x 2 E.C. Operário
C.A. Ourinhense 3 x 2 Salto Grande
O Ourinhense jogou com Nelito, Sebastião e Geto – Caetano, Amador e José – Alfredo, Edgar, Antoninho, Hermínio e Luis. O juiz da partida foi Arnaldo Pocay.
DIA 21/08 – JOGO BENEFICENTE - Locatários 1 x 2 Colégio Cristo Rei de Jacarezinho
DIA 18/09 – Chavantense 2 x 4 E.C. Operário
DIA 27/11 - C.A. Ourinhense 0 x 1 Guarany de Cambará
DIA 03/12 – JOGO “combinado dos que foram” 3 x 1 A.E. de Jacarezinho

1939

DIA 18/06 - Veteranos do Ourinhense 2 x 1 Vila Nova F.C.
DIA 23/07 - E.C. Operário x Botucatuense
C.A.Ourinhense 2 x 1 A.A. Avareense - em disputa a taça Italo Ferrari
DIA 30/07 - C.A. Ourinhense 1 x 0 A.A. Assisense (eu abandona o campo).- taça Pneus Continental
DIA 22/08 - A.A.Assisense 2 x 1 C.A. Ourinhense
C.A. Operário de Santa Cruz 1 x 1 E.C. Operário de Ourinhos
DIA 14/10 – Ping Pont – Congregação Mariana de Santa Cruz do Rio Pardo 197 x 200 S.E. Bacanas de Ourinhos
O destaque dos Bacanas foi o Ponde (Bolão), José Faccini, Ari Correia, Paulo e Walter.
DIA 29/10 – PING PONG NO GREMIO RECREATIVO – TAÇA BAR PAULISTA :
S.E. Bacanas x Granfinos do Porão – vitória dos bacanas que tinha como madrinha Irene Faccini.
DIA 03/12 – Juvenis : E.C. Operário 1 x 1 Cambaraense


1940

DIA 22/01 – Posse da nova diretoria do C.A. Ourinhense na nova sede da rua São Paulo. Vicente Lamarca é o novo juiz e técnico nos treinos do E. C. Operário.
Diretoria do E.C. Operário – presidente, Oswaldo Raposo de Almeida; vice presidente, João Garbim,
1o. secretário, Altamiro Pinheiro; 2o. secretário, Alfredo Sousa e Silva; 3o. secretário, Janduya Perino;
1o. tesoureiro, Ciro Silva; 2o. tesoureiro, Manoel Pinto Dias; Diretor geral, José Malaquias; Diretor
esportivo, David Peres Ramos; 2o. diretor esportivo, Rômulo Ramonini; Orador oficial, José Maria
Paschoalik; Conselho fiscal, Leontino Ferreira, Manoel Sanches, Moacir de Melo Sá, José Maria Teixeira,
Ramos, Chede Jorge, Cassiano T. de Melo, Carlos Rodrigues; Conselho de sindicância, Silvio Campos,
Manoel Mano, Oswaldo Bonomo, Henrique Mortari, Olimpio Coelho Tupiná, Roberto Bassi, Pedro
Faccini e Nicolino Izzo.
DIA 27/01 – Operário 1 x 0 A.E. de Jacarezinho. Na preliminar, 3 a 0 para o Operário. Titulares – Bio, Orlando,
Piolim, Remédios, Jorge, Caminhão, João, Didi, Jordão, Neguito. Reservas- Malaquias, Bento e Vitalo.
Aspirantes – Moacir, Zilo, Barbeiro, Luis, Otávio, Colarinho, Jorge, Bahia, Bahiano, Santo, Urbano.
Reservas – Firmino, Dunga e Fae. Massagista – Arlindo.
DIA 24/02 – Oswaldo Raposo de Almeida pede demissão da diretoria.
DIA 17/03 – Ourinhense x Operário de Santa Cruz do Rio Pardo.
DIA 15/06 – Inicio do campeonato da 14a região entre seleções das cidades. É o campeonato do interior que vai apu-
rar o campeão da região. A seleção de Ourinhos enfrenta a seleção de Fartura.
DIA 29/06 – É criada a Associação Ourinhense de Regatas.
DIA 11/08 – Avareense 6 x 0 Ourinhense pela taça Copelli – o Operário empata em 1 x 1 com o Operário de
Cambará, gol do Bento.
DIA 07/08 – Festa de inauguração da nova sede do C.A. Ourinhense na rua Paraná. Torneio entre a A.A. Palmeiras de
São Paulo, o SPP Tênis Club e futebol entre Ourinhense e Palmeiras.
DIA 14/09 – Novos membros da S.E. Bacanas de Ourinhos – Prof. José Maria Paschoalik, Manoel Vieira da Silva,
Francisco Bueno, João Simão e Lázaro Rodrigues Magalhães.
DIA 29/09 – Ourinhense x Estudantes de Botucatu
DIA 19/10 – O presidente Hermínio Nogueira e o secretário Ciro T. Tucunduva da S.E. Bacanas convoca Assembléia
para eleição de nova diretoria na sua sede na rua 9 de julho (Bar e Café paulista.
DIA 27/10 – Piraju 3 x 0 Ourinhos – 1o. jogo da decisão do campeonato inter-seleções.
DIA 03/11 – Ourinhos (campeão ) 6 x 0 Piraju. Juiz Marcos Crivelari. Marcaram Sebastião, Gato, Alfredo, Bio e
Biscate.
DIA 15/11 – Operário de Cambará 2 x 0 Ourinhense.
DIA 23/11 – FUNDAÇÃO DO ESPORTE CLUBE BANDEIRA (VILA ODILON)
Presidente, Cecílio Salustiano Pusi; vice presidente, Gabriel Vila; Diretor esportivo, Paulo Franco;
Capitão, José Bitencourt; 2o. capitão, Augusto Portugal; Inspetor/treinador, Cecílio Forte; Capitão da bola
Justino C. Francisco; Cobrador Manoel Melo e tesoureiro, Antonio Cruz.
1o. jogo – E.C. Bandeira x Vila Nova
DIA 15/11 – Ourinhense 0 x 2 Operário de Cambará.

1941

DIA 03/01 – Diretoria eleita do E.C. Operário – presidente, Felipe Colonna; vice presidente João Garbim; 1o secreta-rio José Maria Paschoalik; 2o. secretário, Reynaldo Brandimarte; 1o. tesoureiro, Ciro Silva; 2o. tesoureiro Manoel Mano; 3o tesoureiro, Valentim de Paula; Orador, José Gondim Gomes de Matos; Diretor geral, José Malaquias. Comissão de sindicância, Pedro Mattar, Roberto Bassi, Horácio Soares, Manoel Sanches, Dr. Leontinoo Tavares de Freitas e Sebastião Braga; Conselho fiscal, Julio Crepaldi, Manoel Pinto Dias, José Alves de Freitas, Altamiro Pinheiro, Leontino Ferreira e José Soares.
DIA 18/01 – toma posse a nova diretoria do C.A. Ouirinhense com uma novidade – o novo departamento de publici-dade a cargo de Benedito Monteiro e Nilo Ferrai como secretário.
DIA 01/02 - o E.C. Operário transfere sua sede da rua Antonio Prado para a avenida Jacinto Sá.
C.A. Ourinhense 0 x 0 Guarany de Cambará – na preliminar o Ourinhense vence por 9 a 0.
DIA 15/02 – o E.C. Operário organiza a sua biblioteca.
DIA 01/03 – C.A. Ourinhense 1 x 1 Operário de Palmital – na preliminar vitória do Ourinhense por 3 a 2.
DIA 08/03 – Operário de Palmital 3 x 3 C.A. Ourinhense
E.C. Operário x Avareense - taça Anderson Clayton
DIA 15/03 - Avareense 5 x 3 E.C. Operário
DIA 22/03 – E.C. Operário 1 x 3 Ferroviária de Botucatu
DIA 06/04 – Independente de Ipauçu x C.A. Ourinhense
DIA 10/04 – C.A. Ourinhense 1 x 0 Ferroviária de Botucatu – o Ourinhense jogou com Vitalo, Bio e Geto – José,
Ge e Alfredo – Hermenegildo Zanotto (Bija), Guilherme, Hermínio Vidal, Amadeu e Mingo.
DIA 13/04 – TORNEIO – Operário 5 x 3 Blassi de Botucatu –
Preliminar – Ourinhense 0 x 0 Vila Odilon (taça Antonio Luis Ferreira)
DIA 18/05 - Operário 1 x 3 A.E. de Jacarezinho
DIA 25/05 – Ourinhense 1 x 2 Avareense (taça Copeli) --- Operário de Cambará 5 x 1 E.C. Operário
DIA 01/06 – E.C. Operário 3 x 0 Operário de Cambará
DIA 08/06 - Assisense 2 x 1 Ourinhense – Alcides Salgueiro é o vice presidente do Ourinhense.
Operário 0 x 0 Avareense pela taça Anderson Clayton que ficou com a Avareense.
DIA 22/06 – Ourinhense 1 x 3 São Bento de Marilia – O operário ganha um novo uniforme de Manoel Sanches.
DIA 29/06 – Operário 2 x 1 A.A. Assisense - estréia do novo uniforme do Operário.
DIA 06/07 - Mário de Oliveira Branco é o novo bibliotecário do Operário
DIA 20/07 - Ourinhense 1 x 0 Seleção de Cerqueira César
DIA 27/07 - Operário 2 x 1 Santacruzene – festa na sede com o Jazz SPP de José Augusto.
DIA 03/08 – Santacruzense 2 x 2 Operário
DIA 10/08 – FORD F.C. 3 X 2 COMERCIÁRIOS/BANCÁRIOS
DIA 24/08 - Londrina 3 x 0 Operário
DIA 14/09 - Ipauçuense x C.A. Ourinhense
DIA 05/10 – Operário x chavantense
DIA 19/10 – Ourinhense 2 x 4 Noroeste de Bauru
DIA 26/10 – Platinense x Ourinhense
DIA 09/11 – Ourinhense x Clube Recreativo de Cambará
DIA 13/11 – Ourinhense 1 x 0 Ferroviário de Curitiba
DIA 22/11 – Ourinhense 2 x 1 Ferroviária de Assis
DIA 07/12 – Palmitalense 3 x 1 Operário
A.E. de Jacarezinho 3 x 3 Ourinhense
DIA 08/12 – Operário x Ferroviária de Botucatu

Em 1942 começa o Campeonato Amador Estadual patrocinado pela Federação Paulista de Futebol.

11.11.07

AS GAROTAS DO "SANTO ANTÔNIO"



Esta é uma foto deveras interessante. Trata-se de um desfile de Sete de Setembro dos anos 1950. 1957, talvez. Foi feita de um ângulo interessante do quarteirão da 9 de Julho onde havia a "Casa Alberto". Em primeiro plano vemos o prédio da Caixa Econômica Federal, em seguida uma antiga casa já derrubada. O outro prédio é o da casa comercial de Tury Zaki,  "Móveis Regina" . Pode-se perceber o seu lindo luminoso, no topo, e uma propaganda dos "Móveis Cimo", de excelente qualidade,  muito vendidos nos anos 1950. Mais adiante a concessionária de Raul Silva.
Há três "irmãnzinhas" nesse trecho desfile, porém, é impossível identificá-las.
Em primeiro plano, vemos três fileiras de meninas do "Santo Antônio" com o impecável uniforme de gala, tendo entre as mãos um ramalhete. Essas garotas são minhas contemporâneas, quase todos os rostos me são familiares. Três eu identifiquei de pronto: a terceira na fila do centro é Simone Lahan, a quinta é minha amiga Marilena Beltrami Costa, hoje casada com Sussui Breve. A primeira da terceira fila à direita é a psicóloga Edna Matosinho, hoje casada com o Deputado Federal José Anibal .
Foto por Francisco de Almeida Lopes